Poesia Esotérica Imparcialista: Duas Panteras

Poesia Esotérica Imparcialista: Duas Panteras: Duas panteras  negras Deitadas, calmas, ao pé do umbral. A velocidade da corrida Me põe em outro estado de alma Em outra dimensão. Na...

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Pé de frango contém colágeno

As características da sociedade contemporânea na Era da Informação

POEMA PARA O DIA DAS MÃES DE MARIDO PARA ESPOSA