Apontamento

Passamos a vida apontando.
Apontei o dedo para os outros,
Percebi que o outro
Era o espelho.

Deixei de apontar nos outros
O que estava em mim.

Aportar no outro não muda nada,
Nem o outro, nem a mim.

Vejo no meu interior
O que aponto nos outros,
Estão eu sou capaz de mudar.

J.Nunes 

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Pé de frango contém colágeno

As características da sociedade contemporânea na Era da Informação

POEMA PARA O DIA DAS MÃES DE MARIDO PARA ESPOSA