Pesquisar este blog

MOVIMENTO IMPARCIALISTA

MOVIMENTO IMPARCIALISTA
IMPARCIALISMO

sábado, 19 de dezembro de 2015

Poesia: De bicicleta




De bicicleta

Vou de trem, de carro,  
A cavalo, a pé ou de bicicleta...
Quanto mais rápido eu vou
Menos percebo à vida,
Mais rápida ela passa,
Menos aprendo,
Menos observo.

Eu vou de bicicleta,
Eu vou a pé,
E a vida passa lentamente,
Percebo as flores nos quintais,
Digo “bom dia” a um estranho,
Caminho por outros bairros,
Percebo outras casas,
Falo com os vizinhos,
Mudo de rua
E vou na contramão dos carros.

Vou de bicicleta, vou a pé,
E a vida passa lentamente;
Consigo aprender, posso observar à paisagem,
Conheço pessoas, tomo um banho de chuva,
Ou dos primeiros raios de sol.

J.Nunez


Nenhum comentário:

Postagem em destaque

Fique por perto!

Volte logo, Não demore muito, Fique por perto! Eu te esperarei dentro e fora do tempo. Sua alma é nobre, Fique no sangue do meu sangu...

O Novo Contexto Para a Literatura Contemporânea

MOVIMENTO IMPARCIALISTA