Hipocrisia da hipocrisia, Demagogia da demagogia, Negligência da negligência:

Pregador Relapso

Hipocrisia da hipocrisia,
Demagogia da demagogia,
Negligência da negligência :
Prego como errado o que alimento sem saber que alimento.
Prego a fidelidade e o amor
E alimento à novela que fala traições;
Prego a castidade e alimento a prostituição e o sexo no filme;
Prego o amor e alimento o ódio no discurso político;
Prego a caridade e alimento a desigualdade social;
Prego a humildade e estou sempre de último modelo;
Prego a verdade e teorizo à mentira;
Prego a paz enquanto faço à guerra;
Prego a simplicidade e alimento à vaidade querendo parecer humilde;
Prego a virtude e pratico o vício;
Prego a verdade e a coragem, mas me dobro diante à mentira;
Prego a firmeza de conduta e a potência,
Mas  aceito à frouxidão e a fraqueza;
Prego o trabalho enquanto bocejo de preguiça;
Prego a certeza cheio de dúvidas;
Prego a imparcialidade e sou parcial comigo mesmo;
Condeno os outros e justifico meus erros;
Bêbado, prego a sobriedade e o equilíbrio;
Prego o que não pratico, pratico o que não prego.

J.Nunez




Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Pé de frango contém colágeno

As características da sociedade contemporânea na Era da Informação

POEMA PARA O DIA DAS MÃES DE MARIDO PARA ESPOSA