Poesia sobre harmonia entre o interior e o exterior

Descompasso

Chuva e frio lá fora
Pede guarda chuva e blusa.
Aqui dentro de casa, aqui dentro de mim,
Aqui dentro de dentro de mim,
Aqui no mais íntimo da alma
Há um descompasso com o cotidiano.

É sempre o mesmo desejo, o mesmo vício,
Independente do momento e do lugar lá fora.
Esse instante do dia é de meditação e silêncio...
Depois, a vida entra em compasso
Entre o sentir,  o pensar e o momento
Aqui dentro e lá fora de mim.

Murilo Santiago

J.Nunez

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Pé de frango contém colágeno

As características da sociedade contemporânea na Era da Informação

POEMA PARA O DIA DAS MÃES DE MARIDO PARA ESPOSA