Pesquisar este blog

MOVIMENTO IMPARCIALISTA

MOVIMENTO IMPARCIALISTA
IMPARCIALISMO

segunda-feira, 18 de maio de 2015

O relativismo ignora a bondade, a virtude e a maldade.

Fronteira da bestialidade

O conceito exacerbado de liberdades
Nos colocou na fronteira, estamos por um triz  
De todas as bestialidades e maldades.

O relativismo, com a intenção de dignificar o abominável,  
Considera tudo a mesma coisa,
Para isso não se importou em destruir
Os parâmetros da pureza e da impureza,
Da sanidade e da sensatez, do profano e do sagrado,
Do sublime e do abominável...
O relativismo ignora a bondade, a virtude e a maldade.

Temos a nossa juventude colocada
Na fronteira, por um triz da bestialidade,
Da tragédia e da maldade.

Albano Morais

J.Nunez

Nenhum comentário:

Postagem em destaque

O Imparcialismo: O Ciclo de Saturno

O Imparcialismo que começou a ser escrito em 2006 E  revelado em 2008. Foi à leitura do fim de um período, Iniciado pós-guerras, tempos...

O Novo Contexto Para a Literatura Contemporânea

MOVIMENTO IMPARCIALISTA