Pesquisar este blog

MOVIMENTO IMPARCIALISTA

MOVIMENTO IMPARCIALISTA
IMPARCIALISMO

sexta-feira, 27 de março de 2015

Poesia Imparcialista e características da sociedade contemporânea no poema de Abdias de Carvalho

Tanto faz...

O homem pagou a conta,
Pagou o táxi, pagou o programa
E durante o caminho elogiou a esposa e os filhos...
Ela, para ele, nem si quer era amante.

Diante desses elogios,
Ela, profissional do sexo, foi se sentido desvalorizada,
Constrangida e apenas usada com um objeto de dar prazer.
Começaram uma discussão, que resultou em uma tragédia...
Assassinato, legítima defesa, tanto faz...Dada a importância da vítima.
O carro ainda está ali... A polícia ainda não chegou.

O modernismo absoluto é essa rua...
Mulheres com mulheres, homens com homens,
Adolescentes meninos e meninas com velhos, tanto faz...
Aborto à luz do dia, embriagados afogados nas poças d’água,
Drogados, viciados escondidos entre as frestas de paredes...,
O sexo dignificado, que nasce aqui,
 É “cultura” consumida por todos os níveis da sociedade...
Religiosos, segundo eles, tentam resgatar essa gente do inferno.
Poetas céticos falam dessa estagnação
Como uma condição natural desse tempo
Sem fronteiras para as liberdades e os desejos,
O puteiro e o pornô dignificado estão nas salas do bom cristão...
Moderníssimo! Segundo alguns. Tanto faz!

O poeta das estruturas
Diz que o modernismo vai contra o modernismo,
Quando a modernidade absoluta vai contra a liberdade
De expressão no Pastor que diz ser essa  
Rua Sodoma e Gomorra.
Para mim, cético, relativista e estagnado, tanto faz...

A polícia veio buscar o corpo.

Abdias de Carvalho
J.Nunez


Nenhum comentário:

Postagem em destaque

Fique por perto!

Volte logo, Não demore muito, Fique por perto! Eu te esperarei dentro e fora do tempo. Sua alma é nobre, Fique no sangue do meu sangu...

O Novo Contexto Para a Literatura Contemporânea

MOVIMENTO IMPARCIALISTA