Pesquisar este blog

MOVIMENTO IMPARCIALISTA

MOVIMENTO IMPARCIALISTA
IMPARCIALISMO

quinta-feira, 6 de março de 2014

Sociedade contemporânea influenciada e moldada por celebridades.

Imperdível! Entrevista com a celebridade

Imperdível! Entrevista com a celebridade.
Ela não inventou nada,
Não vez um filme,
Não fez peça de teatro,
Não pinta, não borda,
Não escreve poema,
Não dança,
Não faz música,
Não tem cultura geral,
Não tem formação alguma,
Não é jornalista,
Não é colunista,
Não é dá política,
Ela não é nada...
Ela é sexual, isso ela é!
E a sensualidade não é mais coisa intimidade e particular;
Agora sensualidade é produto.
Ela só mostrou a bunda
E de vez em quando se esquece de por roupas intimas.
Ela não é nada;
Tudo bem que ser alguma coisa é só questão de status,
Porque o que importa mesmo é o que você tem...
Ela dará uma entrevista essa noite,
A população aguarda ansiosa pelo que ela tem a falar a nação.
Falará de sua cirurgia íntima,
Daquela vez que se esqueceu de colocar calcinha,
Falará que começou a fazer sexo com dez anos,
Falará que está namorando um jogador de futebol,
Falará do seu mini  taparabo,
Entre muitas revelações falará que é lésbica, circunstancialmente...

A celebridade compra tudo: o corpo, o carro, a casa, o sexo e o amor.
A celebridade troca de companheiro junto com a roupa no camarim,
E todos aplaudem suas traições e superficialidades...
A celebridade é um modelo a ser seguido.

A celebridade está ditando como devemos viver,
O que devemos vestir, o que devemos comer,
Como devemos nos comportar;
Até as putas dizem o que devemos fazer,
A celebridade é o padre, o  bispo, o papa, o bom pastor, o guia, o deus e o diabo...
Nosso guru materialista.

A celebridade é o espelho onde reflete a desvalorização humana...
A celebridade vende para os estrangeiros  
Nossos estereótipos de paraíso do sexo selvagem;
Vende tão bem que quando os turistas sexuais
Acabam de atravessar a fronteira já põe o pau pra fora,
Doidos para nos pegar!...

A sociedade do consumo acreditou na grande ilusão de progresso,
Cimentou seus quintais,  e agora tem que comprar até chuchu que antes dava trepado nas cercas...

Revolução de ambientalista radical
Crie galinhas no seu quintal....

Tenacidade, ordem, princípios, moral e outras coisas que não faço questão de dizer,
Agora é chatice, só é permitido ser frouxo...
Sou mais frouxo que as pernas de Dóris
Que dá mais que chuchu, que antes dava na cerca,
 E eu não tinha que comprar a preço de carne de segunda.

Eu desisti, não porque me cansei, mas porque não vale a pena!
Eu já desisti muitas vezes, e todas às vezes porque não vale a pena.
Por incrível que parece! Eu só não desisti de mim,
Certamente porque eu, de algum modo, valo a pena.

Abílio Santana

J.Nunez 

Nenhum comentário:

Postagem em destaque

Fique por perto!

Volte logo, Não demore muito, Fique por perto! Eu te esperarei dentro e fora do tempo. Sua alma é nobre, Fique no sangue do meu sangu...

O Novo Contexto Para a Literatura Contemporânea

MOVIMENTO IMPARCIALISTA