Pesquisar este blog

MOVIMENTO IMPARCIALISTA

MOVIMENTO IMPARCIALISTA
IMPARCIALISMO

sábado, 4 de janeiro de 2014

Como explorar a dor, o terror e a pobreza...

Final Feliz

Depois de viver vinte e cinco anos de horrores,
Estupros, fome e uma filha gerada no cativeiro.

_Um final feliz.  Foi o que disse a repórter.
Como assim? Anos de terror deixa marcas incuráveis!
Anos de horror deixa feridas, traumas,  insuperáveis!

Na entrevista a repórter encena consternação
E pergunta para a mulher que acabará de sair do cativeiro:
_Foi difícil? (Realmente, não era possível uma pergunta mais idiota! )
Essa é a sociedade de felicidade relâmpago.

A repórter finaliza com um sorriso
Que jamais veremos naquela mulher
Vítima de vinte e cinco anos de cativeiro e estupros....

O horror e dor dos outros já passou!
A repórter diz: 
_Veja no próximo bloco:
Você terá a oportunidade de eleger o Estádio mais bonito para a Copa.
 Veja também, criança morre na porta do hospital.
Que não tem médico estrangeiro.

Ignore as dores dos outros que sempre haverá um final feliz para alguém.
A dor, a miséria e o terror dos outros  nada mais é 
Que matéria prima para jornais e programas de televisão...

Em nome da caridade e do amor
Os pobres e miseráveis são explorados pela televisão.
O que mais me impressiona é o fato de os telespectadores inocentes
Acreditarem que de fato  há boa intensão na exploração da televisão
E das empresas parceira,  que fazem propaganda encima da pobreza explorada.

Albano Morais
J.Nunez 

Nenhum comentário:

Postagem em destaque

Fique por perto!

Volte logo, Não demore muito, Fique por perto! Eu te esperarei dentro e fora do tempo. Sua alma é nobre, Fique no sangue do meu sangu...

O Novo Contexto Para a Literatura Contemporânea

MOVIMENTO IMPARCIALISTA