Postagens

Mostrando postagens de Janeiro 20, 2013

No auge do feminismo

Homens poderão ser mulheres que não engravidam
Profissão e profissional não tem mais importância, O status é ganhar dinheiro de algum modo... As palavras que nossos filhos mais escutam são Pagar e comprar, automaticamente criamos Uma geração consumista... Transferimos todos os valores para os objetos e os ídolos.
O capitalismo explora tudo e coloca tudo à venda, Inclusive teu sexo... Virgem vale mais. Em todos os negócios há uma pitadinha de sexo... Em alguns o sexo é o carro chefe.
O modernismo reduziu tudo, nivelou tudo à mesma coisa... Crianças e adultos são a mesma coisa, Faz de conta que tudo é a mesma coisa, A coerência e a sensatez não me deixa mentir...
Homens e mulheres são iguais, Entretanto Deus não me deu a dádiva de ser mãe! Porém, o que chamo de dádiva Também se tornou repugnante...
No auge do feminismo mulheres serão obrigadas a servir o exército... E combater nas guerras... E homens, naturalmente, poderão ser mulheres que não engravidam.
Salomão Alcantra J.Nunez







Morte ao modernismo!

Imagem
José Nunes Pereira@jnunespereira José Nunes Pereira, poeta criador do Movimento Literário Imparcialismo, a proposta do Imparcialismo é por fim ao modernismo. Pronto, falei!
Certamente é muita presunção da minha parte, não posso negar esse fato, afinal, sou um Imparcialista até comigo mesmo, com toda essa ambição, sou muito sincero quando digo que elogio o filho e não o parto, eu sou o parto...e sofro essas dores de parir, todos podem gestar quando caminha pelo Imparcialismo e observa a estrada da direita e da esquerda.
Para os 17 poetas Imparcialistas o modernismo morreu em 2008, espero a morte fora de mim.
Morte ao modernismo! É muita pretensão! Eu sei! Contudo sejamos sinceros, o que nós poetas e artistas pós-contemporâneos podemos fazer de mais grandioso que dar um golpe de misericórdia no modernismo, esse moribundo. O filho quer sempre superar o pai. 

Marília - SP ·http://literaturaimparcialista.blogspot.com.br/p/contato.html

Estados Unidos autorizam que mulheres Combatam em guerras.

CRONOPOEMA DO DIA
Guerra sem sexismo
Somos todos iguais: Estados Unidos autorizam que mulheres Combatam em guerras.
Somos todos iguais; Vamos mandar nossas mulheres, amantes, filhas e namoradas, Para serem prisioneiras e estupradas na guerra, Ficaremos em casa a esperar e a enviar Correspondências românticas... 
Salomão Alcantra J.Nunez

Olhar de Búfalo: Você está sendo Observado

Imagem

Sociedade contemporânea e desinformação

Fellatio
Sociedade da desinformação, Felação No reality Show É a manchete do dia.
Zumbis do Sexo, Não é titulo de filme pornô, É a sociedade zumbificada pelo sexo fácil.
Na vizinhança modernamente bizarra, Natural aos olhos de todos, Na festa de aniversário da menina de 5 anos, As músicas tocadas são de conotações sexuais, E as danças simulações de ato sexual, No entanto, os subentendidos,  o grotesco, as malicias, os trocadilhos e a baixeza São ignoradas pelos presentes na festa, Ou será que estamos tão zumbificados Que achamos natural essa desvalorização da infância, Que nos deixa a um passo da pedofilia.
Zumbis do sexo Em Guerra Cibernética, Guerra dos mundos, Escravos da inteligência artificial, Colônias de alienígenas Milhares de anos a nossa frente; Antes disso o apocalipse, A colheita de Deus.
Martelo, formões lixas e eu,   Matéria prima Para construir um ser iluminado.

Albano Morais J.Nunez

Entrevista com José Nunes Pereira

Imagem
Entrevista com José Nunes PereiraPoeta e professor mariliense
José Nunes Pereira (J.Nunez) também é pesquisador, criador do Imparcialismo, integrante do Movimento Artístico, intelectual e literário Os Imparcialistas.AlôArtista - Qual foi o ´click´ que despertou a sua arte? Qual o fato ou pessoa que teve mais influência na sua atividade?
José Nunes Pereira - Meu gosto para a poesia e a arte se despertou com a leitura de poetas brasileiros, especialmente com o poeta Castro Alves. Depois vieram muitos outros poetas brasileiros e estrangeiros, até que cheguei a poesia Imparcialista.

AlôArtista - O que você gostaria de ver divulgado, do seu trabalho, nesta entrevista?
JNP - Escrevo há muitos anos, porém a minha razão para escrever é a poesia Imparcialista, que resultou em um trabalho acadêmico chamado O Novo Contexto para a Arte e a Literatura contemporânea. O Imparcialismo é o trabalho na construção da literatura para o novo contexto e o estudo desse contexto para que os artistas de todos os …

Blog Cidade de Marília: Entrevista com José Nunes Pereira

Blog Cidade de Marília: Entrevista com José Nunes Pereira: Entrevista com José Nunes Pereira Poeta e professor mariliense             José Nunes Pereira (J.Nunez) também é pesquisador, criador d...

Racismo no Brasil repercute nos Estados Unidos

Imagem
Poeta Imparcialista  José Nunes Pereira 
CRONOPOEMA DO DIA
Estereotipados  
Desculpe! Foi um mal entendido... Escravizar os negros. Desculpe também pelo Descaso histórico...
Desculpe foi um mal entendido matar Martins Luther King Junior, Desculpe também pela prisão De Nelson Mandela.
Desculpe! A culpa é dos estereótipos, Sobre os negros e os mulatos.
Estereótipos, Que preservamos em favor do mercado, Do público consumidor E da conservação do poder.
Albano Morais J.Nunez

24/01/2013 09h51 - Atualizado em 24/01/2013 10h43 Acusação de racismo em loja da BMW

Capitalismo Bestial: Ministro do Japão Diz que idosos devem acelerar A própria morte Para não dar prejuízo para o país.

CRONOPOEMA DO DIA
Manchete Cotidiana
Capitalismo Bestial: Ministro do Japão Diz que idosos devem acelerar A própria morte Para não dar prejuízo para o país.
Aqui no Brasil, especialmente na “Casa do Povo” Temos as Musas do Congresso, A Casa do Povo sempre foi  casa das tolerâncias...
Outra manchete cotidiana: Homem fracassado não aceita Separação e mata mulher.
Bundas, peitos, Reality Show, Desinformação na Era da Informação,   Futebol...E aquele mesmo ídolo inventado, Por falta de novos ídolos descartáveis... Abano Morais J.Nunez