Pesquisar este blog

MOVIMENTO IMPARCIALISTA

MOVIMENTO IMPARCIALISTA
IMPARCIALISMO

terça-feira, 17 de dezembro de 2013

O relativismo é o fim do modernismo e as consequências dele...

O Relativismo  

Fomos modernistas,  de tão modernos
Caímos no relativismo, agora somos relativistas.
Primeiro santificamos e dignificamos
O que antes era promiscuidade e depravação.
Agora relativistas, tornamos tudo a mesma,
Logo, podemos ser abstêmio ou promiscuo, 
Que é a mesma coisa...

Eu sou promiscuo, promiscuo mesmo... Sem santificação.
A TV ficou ligada para dar a impressão de que tinha gente em casa.
Já passou da meia noite, na porta da pensão, as meninas e as putas velhas,
São agora profissionais do sexo, com carteira assinada.
Eu, poeta vagabundo e tradutor medíocre, não tenho carteira assinada.
Com muita dificuldade acho o buraco da chave,
Já é sexta-feira 13.

O que me chamou a atenção na TV que ficou ligada,
Foi a propaganda de uma promoção de caixão da tal loja “ Boa Morte”:
Compre um caixão e ganhe outro.
Na compra de dois caixões ganhe os serviços funerários.
Favei comigo: O que será que eu bebi...
De fato, minha vida não é grande coisa,
Mas essa promoção de caixão não vale apena!

As meninas seminuas lá embaixo; 
Para o homem digno que passa de carro,
Possivelmente, vindo de uma festa de casamento,
Com seus filhos bonitos e educados,
Com sua esposa linda, cheia de dentes e muito bem cuidada.
Para esse homem digno, 
Ela, lá na porta da pensão, é apenas um pedaço carne branca,
Doente, viciada e suja, digna de compaixão!
O pedaço de carne branca, doente e suja,  subiu para meu quarto...
É  o que tem para essa noite.

Não venha santificar esse esgoto...
Não me venha com dignidade e santificações com suas teorias de nivelamentos.
Não tire de mim as metas, os parâmetros e a consciência  de ser porco e sujo.
Quero ser restaurado, sair do inferno!
Não venha dignificar esses escombros, 
Meus amigos bêbados, e essas ruínas de gentes...
Sou digno, digno de compaixão...

Eu sei o que é uma esposa linda, discreta, cheirosa, limpa e bem cuidada...
Não a cobiço, não sou tão patético....
A ela não sou digno de levantar o olhar. 

Abílio Santana
J.Nunez







Nenhum comentário:

Postagem em destaque

O Imparcialismo: O Ciclo de Saturno

O Imparcialismo que começou a ser escrito em 2006 E  revelado em 2008. Foi à leitura do fim de um período, Iniciado pós-guerras, tempos...

O Novo Contexto Para a Literatura Contemporânea

MOVIMENTO IMPARCIALISTA