Pesquisar este blog

MOVIMENTO IMPARCIALISTA

MOVIMENTO IMPARCIALISTA
IMPARCIALISMO

sexta-feira, 18 de janeiro de 2013

Poesia Imparcialista


Eu, arco, flecha e arqueiro.

Na claridade da televisão,
Numa madrugada de insônia
E na angústia de ser eu em formação;
Um feto de alma,
Sobra em mim essa coisa estranha
Que parece não pertencer a minha personalidade,
Mas está pregada em mim,
Como uma um pedaço de pele e carne;
Essa coisa estranha está em mim
Como o pecado de um santo não mortificado,
Com pecados que não condiz a com sua condição de santo,
Como a concupiscência de uma mãe virtuosa,
Como a fraqueza de um guerreiro...
Essa é a minha alma mais velha
Que todas as igrejas do mundo.

Bateram na porta do meu quarto de pensão,
Ela me levou de volta para o meu mundo de liberdades,
Onde tudo é fingimento de displicência
E pouca importância com o mundo, a vida e o futuro.
Displicência fingida entre goles, tragos e conversas vazias.
Ela diz que quer se casar na igreja com a sua amada,
Eu disse a ela que ninguém se importa
Com o que rola entre quadro paredes,
O que não aceitam é que sejam destruídas todas as igrejas
Conhecimentos milenares e ciências de vida,
 Para que ela possa se casar de véu e grinalda com sua parceira.
As igrejas não aguentam esse molde moderníssimo...
As igrejas não agüentam mais arquear-se,
As igrejas estão no limite de suas flexibilidades,
Ela disse que isso é evolução humana...
Esquecendo do outro lado que diz ser isso degradação humana.

Eu, arco,  flecha e arqueiro,
Eu, pelo pouco que me conheço, 
Me vejo igual, nem mais nem menos
Que as prostitutas virtuosas, que os viciados talentosos,
Que os doidos criativos, que os ambiciosos alucinados,
Que os criminosos arrependidos, que os traidores amorosos,
Que os brutos sentimentais... Que os lascivos caridosos...
Eu, muito menos que ela:  amiga, solidária, educada e talentosa.

Ela saiu,  antes me colocou para dormir
 Feito uma filhinho que ela contempla adormecer
Igual a uma mãe com todo carinho do mundo.

Hermínio Vasconcelos
J.Nunez

Nenhum comentário:

Postagem em destaque

O Imparcialismo: O Ciclo de Saturno

O Imparcialismo que começou a ser escrito em 2006 E  revelado em 2008. Foi à leitura do fim de um período, Iniciado pós-guerras, tempos...

O Novo Contexto Para a Literatura Contemporânea

MOVIMENTO IMPARCIALISTA