Pesquisar este blog

MOVIMENTO IMPARCIALISTA

MOVIMENTO IMPARCIALISTA
IMPARCIALISMO

sábado, 21 de julho de 2012

Economia Criativa e industrialização


Economia Criativa

A Economia Criativa sempre existiu,
O que não existia é o termo Economia Criativa...
Pratico Economia Criativa
Muito antes de esse termo ser popularizado.

Não vivo dessa economia
Mesmo depois que o termo foi inventado
Minha economia criativa é um hobby.

Economia Criativa é a industrialização
Da criatividade individual.

Octávio Guerra
J.Nunez

sexta-feira, 20 de julho de 2012

Marketing e celebridades...



Anúncios ambulantes  

As mídias e o marketing
Transforma atletas e celebridades descartáveis
Em cabides ambulantes, onde as industriais penduram seus anúncios...
O atleta ou a celebridade se torna poluição visual abstrata e subjetiva.
Um exemplo na atualidade é o jovem jogador Neymar.

Os atletas e a celebridades descartáveis perdem a primeira função,
E terminam apenas como cabides de anúncios...
Até que os telespectadores se cansam do cabide de anúncios;
Então, naturalmente, o marketing e as mídias procuram outro cabide.
Quem será o cabide da vez...

Salomão Alcantra
J.Nunez

quinta-feira, 19 de julho de 2012

LITERATURA IMPARCIALISTA


Invisível

Não vejo o meu rosto
Se não olho meu reflexo;
Visível para outros
Vejo o meu interior que ninguém vê,
Penso que sou o que todos vêem que não sou...
Sou ainda aquele
Que ninguém sabe não que sou...
Sou ainda aquele que está para ser descoberto e feito...

Jonas Corrêa Martins
J.Nunez 


Foi tentando ser feliz...


Só mais uma vez

Foi tentando ser feliz
Que deixei meu coração
Acreditar no amor
Mais uma vez,
Só mais uma vez,
Só mais uma vez.

Talvez eu seja para alguém
Uma sorte que ainda não chegou,
Uma razão para crer no amor,
Uma esperança de ser feliz,
Feliz no amor,
Feliz no amor, acreditar,
Mais uma vez,
Mais uma vez,
Só mais uma vez,
Só mais uma vez.

Me esqueci das desilusões,
Deixei a minha vida,
Minhas feridas
Ainda não cicatrizadas.
Apostei no amor
Por acreditar
Mais uma vez,
Mais uma vez,
Mais uma vez.

José Nunes Pereira
J.Nunez


quarta-feira, 18 de julho de 2012

Deformações contemporâneas


Noções de arte e homem

Um grupo de artistas contemporâneos
Destruiu a noção de arte;
Agora as liberdades sexuais
Está destruindo a noção
Do que é ser homem e o que é ser mulher...

As liberdades sexuais e os consumismos
Deformaram a sociedade...
Essa é a sociedade dos extremos:
Uns dizem que o mundo
Está sendo destruído pelo aquecimento global,
Outros dizem que o aquecimento global se quer existe,
Uns dizem que o sexo entre homem e homem é natural,
Outros dizem que é a maior das aberrações humanas,
Uns dizem que o ânus é órgão sexual,
Outros dizem que o ânus foi feito para cagar.

Albano Morais
J.Nunez

Brasileiros devem até 5 vezes o valor que ganha...


Ilusão de progresso

Desordem e ilusão de progresso
O país da classe C
Formada com prestações infinitas,
Incentivo do governo ao consumo,
Cartões de crédito,
Financiamentos,
E empréstimos
Está devendo 5 vezes o que ganha;
Esse é o país da inadimplência...
A casa vai cair!...
Estamos no fim da ilusão de progresso
Que foi criada pelas compras de aparelhos eletrônicos.

Salomão Alcantra
J.Nunez


Segunda, 09 de janeiro de 2012, 08h16

8% da população brasileira deve até 5 vezes o valor que ganha


Poesia Esotérica Imparcialista: Poesia esotérica

Poesia Esotérica Imparcialista: Poesia esotérica: Autoridade no espírito Nesse tempo de ilusão de liberdade E diversidade de modo de viver; Tenho autoridade no espírito, Essa é a essência ...

terça-feira, 17 de julho de 2012

Exclusão social e cidades..


Abdias de Carvalho poeta da estagnação, da poeira assentada, da falta de perspectiva, da baixeza moral, da atrofia, da revolta calada, do silêncio dos excluídos, da ruminação furiosa e secreta, da repugnação, da repetição angustiante, da falta de oportunidades, da linguagem repugnante, esse poeta representa o abandono, o deixar se onde está. Neste poeta não há incertezas, e sim eterna imobilidade. 


Desalmados

Igreja do padroeiro da cidade,
Praça onde nossos pais namoraram
E fizeram juras de amor e promessas não cumpridas...

Hoje meus amigos bêbados e pedintes
Dormem no pé da escadaria...
Travestis fumam maconha e prometem sexo louco aos velhos
Que abandonaram e foram abandonos pela família,
Prostitutas velhas e bêbadas dão sexo por um cigarro...
Intelectuais fracassados temem ser queimados pelos jovens desalmados.

Corro da policia com os viciados expulsos dos becos e cantos,
No cassete, bala de borracha e spray de pimenta...

 Abdias de Carvalho 
J.Nunez

segunda-feira, 16 de julho de 2012

Igualdade e inclusão na sociedade capitalista e consumista


Inclusão, diversidade, multiculturalismo e igualdades

A inclusão é a exclusão de outros,
É impossível a inclusão e a aceitação dos conceitos
De multiculturalismo e diversidade contemporânea...

A sociedade das inclusões e dos direitos
Com suas teorias, ambiciona juntar peças que não se encaixam;
Mas que podem viver justas perfeitamente, como coisas diferentes
Que se respeitam e se aceitam, mas não como coisas iguais.

As igualdades sociais e os direitos de acessos aos produtos e serviços
São ilusões de igualdades perigosas para o planeta,
Que não suporta mais ser exploração para a produção industrial...
Imagine se mundo consumisse igual aos americanos! 

Os direitos, as inclusões e as diversidades sexuais
São a deformação e a destruição da sociedade estabelecida,  
E de tudo que temos com certo e digno... 

A diversidade, a inclusão e o multiculturalismo
É a deformação das culturas para criar encaixes...
Destruição  do que tem estrutura e coerência
Para criar algo informe e sem consciência de si mesmo 
Devido a própria deformação
E a falta de estrutura e sentido em si mesmo.

Octávio Guerra
J.Nunez

domingo, 15 de julho de 2012

Artigos Imparcialistas: Mensagem, imagem e poesia para o dia dos pais...

Artigos Imparcialistas: Mensagem, imagem e poesia para o dia dos pais...: A poesia Imparcialista busca a leitura de nosso tempo e o resgate da valorização do ser humano e da família, por essa razão, escrevo essas...

Mensagem, imagem e poesia para o dia dos pais...




Poeta José Nunes Pereira e Allana (minha filha)
Os poemas para o dia dos pais e dia das mães na Literatura Imparcialista tem a função de valorizar a família e a estrutura familiar tradicional. 



A poesia Imparcialista busca a leitura de nosso tempo e o resgate da valorização do ser humano e da família, por essa razão, escrevo essas poesias e mensagens para o dia das mães e dos pais.

José Nunes Pereira 

Postagem em destaque

O Imparcialismo: O Ciclo de Saturno

O Imparcialismo que começou a ser escrito em 2006 E  revelado em 2008. Foi à leitura do fim de um período, Iniciado pós-guerras, tempos...

O Novo Contexto Para a Literatura Contemporânea

MOVIMENTO IMPARCIALISTA