Pesquisar este blog

quarta-feira, 26 de dezembro de 2012

Um poema imparcialista



 Aperitivos

Queijo, carne, vinho, um cigarro,
Um poema escrito no papel de boca
E a Dóris oferecida e disponível...
Não! Não é um comércio.
É só um coração inquieto
E meu paladar refinado
Para as coisas da vida,
Para os amores fáceis e os aperitivos.

Hermínio Vasconcelos
J.Nunez 

Nenhum comentário:

Literatura Imparcialista

MOVIMENTO IMPARCIALISTA

MOVIMENTO IMPARCIALISTA
IMPARCIALISMO

O Novo Contexto Para a Literatura Contemporânea

MOVIMENTO IMPARCIALISTA