Pesquisar este blog

MOVIMENTO IMPARCIALISTA

MOVIMENTO IMPARCIALISTA
IMPARCIALISMO

sexta-feira, 16 de novembro de 2012

Amor na sociedade imediatista


 Amor Contemporâneo

Romances, músicas e poesias antigas
Dizem dos sintomas de quando chega o amor.
Os Imparcialistas falam de amor clássico,
Os poetas  falam de mãos trêmulas, suar frio,
Lágrimas em noites de chuva,
Palavras enroscadas na garganta,
Toques de olhar e olhar desviado,
Medo do amor, sentimento eterno,
Respiração ofegante,
Emoção de estar perto,
Sofrimento por estar distante,
Amor alimentado de suspiros
E emoções a flor da pele...
Alma gêmea,
Juras de amor,
 Frio na barriga.
Também foi assim
Que mamãe descreveu o amor.

Para mim e as meninas de meu tempo
O amor não chega assim!
Não curti os sentimentos
Não matura o coração,
Não deixa a alma saborear o amor...
Não respeita o meu tempo interior.
O que chamamos amor
Chega como um estupro...  
Ele me pegou na mesma noite
Que me olhou pela primeira vez...
Não sei o seu nome,
Foi um momento feito para esquecer,
O que ficou é vazio de quem não encontra sua alma.

José Nunes Pereira
J.Nunez




Nenhum comentário:

Postagem em destaque

Fique por perto!

Volte logo, Não demore muito, Fique por perto! Eu te esperarei dentro e fora do tempo. Sua alma é nobre, Fique no sangue do meu sangu...

O Novo Contexto Para a Literatura Contemporânea

MOVIMENTO IMPARCIALISTA