Pesquisar este blog

MOVIMENTO IMPARCIALISTA

MOVIMENTO IMPARCIALISTA
IMPARCIALISMO

domingo, 5 de agosto de 2012

Poesia Imparcialista


O Espírito Gregário

O vento assopra,  ajunta, espalha e leva,
Quero ajuntar o canto, a ferramenta, o artista,
A palavra e a tinta num único ponto de referência;
Seremos assim a multiplicidade com unidade de ser.

Quero ajuntar a família,
Os ideais, o partido, os filhos e os amigos...
Quero ajuntar tudo em um só sopro
Como eu me junto aqui dentro
Em uma noite de mistério e silêncio.

Ajunto-me num canto escuro ao pé das escadas;
Ganho unidade na multiplicidade de ser eu.
Sou da solidão com a humanidade aqui na alma,
Sou da humanidade aqui dentro
E sozinho como todos os seres humanos.
Sou à força do amor que uni
O pacto do amor que ajunta, sacrifica, sofre, crê,
Chora em silêncio e vence.

Saturnino Queiros
J.Nunez
  

Nenhum comentário:

Postagem em destaque

O Imparcialismo: O Ciclo de Saturno

O Imparcialismo que começou a ser escrito em 2006 E  revelado em 2008. Foi à leitura do fim de um período, Iniciado pós-guerras, tempos...

O Novo Contexto Para a Literatura Contemporânea

MOVIMENTO IMPARCIALISTA