Pesquisar este blog

MOVIMENTO IMPARCIALISTA

MOVIMENTO IMPARCIALISTA
IMPARCIALISMO

quarta-feira, 29 de agosto de 2012

Nascimento do Décimo Sétimo Poeta Imparcialista





O Décimo Sétimo Poeta Imparcialista

É sem alegria alguma que eu digo:
Manifestou em minha alma,
O desgraçado, o mais abominável dos poetas,
Ele que eu sempre calei a voz...,
O poeta que vem de onde nasce
Todos os crimes e pecados...
Muito em breve conheceremos o
Décimo sétimo poeta Imparcialista,
Quem sabe ele não me deixa em paz,
Como todos os outros me deixaram em paz...
Eu arranquei esse poeta de minhas entranhas;
Deixaria que a comunidade
Com sua justiça com as próprias mãos o apedrejasse
E o matasse enforcada em praça pública,
Mas não é possível, ele é abstrato
Como o próprio Movimento Imparcialista.

José Nunes Pereira

Nenhum comentário:

Postagem em destaque

Fique por perto!

Volte logo, Não demore muito, Fique por perto! Eu te esperarei dentro e fora do tempo. Sua alma é nobre, Fique no sangue do meu sangu...

O Novo Contexto Para a Literatura Contemporânea

MOVIMENTO IMPARCIALISTA