Pesquisar este blog

MOVIMENTO IMPARCIALISTA

MOVIMENTO IMPARCIALISTA
IMPARCIALISMO

segunda-feira, 23 de julho de 2012

Poesias e poetas Imparcialistas


    José Nunes Pereira 

Um talvez

Esperei a tempestade passar
Esperei a primavera chegar
E de tanto esperar e sentir
Compreendi que a vida é assim
Feita de esperanças e medos.

Um talvez vive à espreita
Compreendi que um talvez  é  incerteza
Que se torna esperança e fé
Quando somos confiantes em Deus

Um talvez exige tanto de nós...
A vida é feita de muitos talvez
Então vivemos mais de esperança e fé
Quando acreditamos na vida e na sorte...

Um talvez esconde virtude e erro
Um talvez não é realidade,
Mas  possibilidade de ser,
É sonho com dias e tempos melhores.

Francisco Medeiros
J.Nunez

Francisco Medeiros poeta conservador dos bons costumes, da moral, da coerrência com a vida, da dignidade, da caridade cristão e da decência , qualidades que ainda são manifestadas no ser humano, mesmo neste tempo de liberdade sexual e sexo casual. Este poeta é vítima da inversão de valores e das degenerações sexuais e morais que são vistas hoje como progresso e evolução. Representa os que na sociedade mesmo sem manifestar sua opinião são inflexíveis. Estas virtudes que se vê neste poeta, é na verdade fruto de uma dura disciplina, está conduta perfeita não é gratuita, é uma constatação de que este é o melhor caminho para a humanidade. 
O conservadorismo é contrario as conceitualizações que busca desvalorizar o que está estabelecido como certo e construir conceitos e verdades que são favoráveis as sua fraquezas e degenerações.

Nenhum comentário:

Postagem em destaque

Fique por perto!

Volte logo, Não demore muito, Fique por perto! Eu te esperarei dentro e fora do tempo. Sua alma é nobre, Fique no sangue do meu sangu...

O Novo Contexto Para a Literatura Contemporânea

MOVIMENTO IMPARCIALISTA