Pesquisar este blog

MOVIMENTO IMPARCIALISTA

MOVIMENTO IMPARCIALISTA
IMPARCIALISMO

sexta-feira, 4 de maio de 2012

Marília - minha cidade e meu amor


 


Marília

Cidade ao longe,
Um horizonte de luzes distantes
A cidade não é a mesma que um dia eu deixei,
Nada mais é igual, Marília não é a mesma...
Ela não é mais a mesma que um dia eu abandonei por nada.

Tudo mudou, eu sou nesse instante aqui ao volante
Rumo aquele horizonte de luzes ao longe,
Aquele mesmo garoto de sonho afável e inocente
Com um acréscimo de coisa passageira

Marília não é a mesma, ela não é a mesma...
Tenho ainda a minha árvore plantada na memória,
Tenho aquelas ruas,  aqueles amigos de infância
Correndo nas lembranças, brincando,
Imitando o que agora não somos
Tenho impregnado na alma
O gosto de um beijo e o toque de sua mão.

Marília não é a mesma, ela não é a mesma...
Voltei e não sei onde encontrar a cidade que ficou na memória,
Voltei e não a reconheço, mas eu sei que é a mesma cidade,
Ela é a mesma menina, ela é a mulher que me esqueceu!
Eu sou o garoto de sonho afável e inocente, agora ao volante,
Rumo a cidade de luzes que se avista de  longe.

José Nunes Pereira
J.Nunez


Nenhum comentário:

Postagem em destaque

Fique por perto!

Volte logo, Não demore muito, Fique por perto! Eu te esperarei dentro e fora do tempo. Sua alma é nobre, Fique no sangue do meu sangu...

O Novo Contexto Para a Literatura Contemporânea

MOVIMENTO IMPARCIALISTA