Postagens

Mostrando postagens de Dezembro 25, 2011

Bem-Aventuranças

BEM- AVENTURANÇA

Nunca sofri grandes frustrações
Porque não tenho as pretensões dos sonhadores,
A inocência dos iludidos,
E a ilusão dos excessivamente otimistas.
Os pessimistas realistas só agradecem as bem-aventuranças...
Eu sou destes!

Salomão Alcantra
J.Nunez

Sociedade pós-moderna - Louvor a Deus e ao Diabo

Louvor a Deus e ao Diabo

Na sociedade possibilista,
Sociedade criação de mercado
Adoramos a Deus e seu Filho Jesus
Com ritmos musicais que
Que antes adorávamos somente ao Diabo,
Com ritmo musical que antes era executado
Para embriagar, usar droga e praticar sexo.
Isso é possibilismo, capitalismo,
Deformação pós-moderna e criação de mercado.
Na sociedade pós-moderna
Adora a Deus e ao Diabo com o mesmo ritmo musical!

Albano Morais
J.Nunez

Mulher pinta quadro com os seios - esse é o possibilismo na sociedade do espetáculo

Esse é o possibilismo social de que fala a poesia Imparcialista,
Sociedade do espetáculo,
E do prazer, sexo fácil e em tudo.
Pintar  com os seios como faz Victoria Romanova
É só uma das possiblilidades de aparecer e  pintar;
Sugiro que os pintores façam de outras partes do corpo de pincel.
Logo aparece um que pinta com o pinto,
Outro que pinta com a bunda e assim vamos criando possibilismos
De aparecer da sociedade do espetáculo e sexo em tudo.

J.Nunez

Salvos, pervertidos do fim do mundo.

Entre salvos, pervertidos
Na possibilidade de o mundo acabar, Surgem dois tipos de pessoas: Os que dizem que estão salvo porque acreditam em Jesus E encenam as virtudes, E os que são pervertidos E se entregam a toda forma de prazer.
Não sou nem um desses, Sou daqueles que lutam incansavelmente Pela salvação de mim mesmo.
Salomão Alcantra J.Nunez

Fim do Mundo em 2012 - As Entregas aos Prazeres da Carne.

Imagem
Porque vai chegar um tempo em que os homens não suportarão a sã doutrina, mas, sentiram cócegas nos ouvidos, reunirão em volta de si mestres conforme suas paixões.
 Timóteo cap 4 ver 3.

Fim do Mundo em 2012
Se houvesse a certeza de que falta Apenas um ano para o fim dos tempos, Os seres humanos seriam mais depravados Que nas incertezas e nas desesperanças dos tempos guerras, Dos tempos de frouxidão moral, relaxamento ético, destruição da índole, Destruição da hipocrisia necessária para a manutenção da sanidade social, Destruição de todos os valores e virtudes humanas, Perversões sexuais de todas as maneiras, orgias

José Nunes Pereira - Poeta da Cidade de Marília

Imagem
José Nunes Pereira - Poeta Maríliense criador da literatura Imparcialista e do Movimento Literário Imparcialismo. Esse movimento literário têm suas bases na sociologia contemporânea e no esoterísmo, e seu propósito é a leitura da sociedade e do homem contemporâneo. José Nunes Pereira é professor e editor do Blog Cidade de Marília e Artigos Imparcialistas onde divulga seu trabalho com a literatura para o novo contexto ou literatura e poesia Imparcialista.

BLOG DE POESIAS IMPARCIALISTAS

 Poetas e Poesias Imparcialistas de José Nunes Pereira. Poesias para o contexto contemporâneo. Esse Blog tem o propósito de organizar toda a produção da poesia imparcialista deste o seu esboço até o ano de 2014, serão milhares de textos a disposição dos leitores e de quem mais interessar. aqui:http://poesiasimparcialistas.blogspot.com.br/

Globalização e sociedade do prazer

Deformação
Levantei cedo para ir à padaria, Cheguei lá estava fechada; Faliu, virou igreja evangélica.
Antes do almoço fui ao mercadinho Cheguei lá o salão estava aberto, Mas agora era igreja evangélica.
A noite fui a igreja Católica; Fechou, agora funciona do local uma boate gay, Isso é globalização, deformação, desvalorização, Sociedade do prazer e comercialização de tudo.
Salomão Alcantra J.Nunez

AMOR NA ERA DA INFORMAÇÃO.

Conexão de mundos
Tive um amor virtual, Tudo acabou entre nós Quando ela disse que estava grávida, Ela esqueceu que nossa conexão não engravida E deu essa bola fora, Então, ela só pode ter um amante real... Um primata que é capaz de apalpar E se conectar feito animal Lá no mundo de real... Onde sou virgem.
Abílio Santana J.Nunez

Mundo globalizado e Era Cibernética..

Cibernéticos

A Era Cibernética, Não possui a poética do romantismo... A Era Cibernética é oportunidades de negócios, Grandes amores e sexo idealizado, Tudo virtual. Quando desejamos apalpar E que se torne real, Eis a grande decepção..., Somos enganados no amor, No sexo e nos negócios cibernéticos.
Cuba, a ilha de Fidel Castro, Está se abrindo ao capitalismo E a especulação do mercado imobiliário. Cuba parece à última virgem A se entregar ao Capitalismo. Tudo é tão romântico quando se fala de Cuba! Seja na resistência seja na entrega, Tudo é tão romântico! Até mesmo quando Cuba Não agüenta mais e se entrega Lentamente ao mundo globalizado.
Salomão Alcantra J.Nunez

Toda forma de prazer, seja vida de pecado ou vida de virtudes exige altruísmo, o prazer da alma são eternidades do homem, os prazeres do pecado é morte e insconsciencias... Francisco Medeiros - J.Nunez

Extremos do Prazer Homens que buscam a Deus Silêncio, fé, virtudes e solidão, Sacrifício do corpo físico, Prazer vivido na alma, Vida em outros mundos, Segredos, vida e morte, A eternidade do ser A intimidade com Deus...
O prazer do homem é realizado com sacrifícios...
O prazer dos pecadores, O prazer do vicio, O prazer do sexo, As doenças das profanações, A vida intensa, breve... Sacrifício do corpo físico, Morte anunciada na degradação, Eterna insatisfação do vício...
Josias Maciel J.Nunez