Pesquisar este blog

MOVIMENTO IMPARCIALISTA

MOVIMENTO IMPARCIALISTA
IMPARCIALISMO

terça-feira, 30 de agosto de 2011

A sociedadesexual: sociedade sem altruismo, sociedade do prazer, sociedade da felicidade regulamentada pelo sexo

A sociedade sexual

Casal de lésbicas
Tem dupla maternidade reconhecida pela Justiça...
Diante de acontecimentos como este,
Que não causa mais assombro,
Os comentários são óbvios, planos e passionais:
“O importante é o amor,
O importante é o ser humano,
O importante é ser feliz,
O importante é fazer o bem...”

Sociedade do sexo
E da felicidade regulamentada no sexo.
São comentários óbvios
Da sociedade contemporânea,
Sociedade do prazer,
Sociedade que desconhece todos os valores,
E a essência do ser humano.
Sociedade que ignora que somos todos
Obra de um plano muito maior que nossos caprichos
E conceitos de amor, prazer, felicidade e virtudes.

Sociedade do prazer que desconhece
As leis pelas quais somos regidos...
Essa é a sociedade que simplificou a vida
E o ser humano em prazeres e felicidade sexuais.
Sociedade que constrói tudo que regula
E atrapalha a felicidade pautada no sexo...

Albano Morais
J.Nunez

Mulher morre após pacto com amante que conheceu pela internet e poema Romeu pós-moderno

Mulher morre após pacto com amante que conheceu pela internet

da Folha Online
A taquígrafa Maria Aparecida Lima da Silva, 38, morreu em Brasília após tomar veneno de rato. Segundo a Polícia Civil, ela havia firmado um pacto de morte com seu amante, Kléber Ferreira Gusmão Ferraz, que não cumpriu sua parte no acordo e acabou preso. O caso aconteceu no último dia 5, mas só foi divulgado hoje.
Silva e Ferraz haviam se conhecido no início de 2006 no site de relacionamentos Orkut e iniciaram o namoro. Segundo a Polícia Civil do Distrito Federal, Ferraz era casado e dizia para a amante ser judeu e agente secreto a serviço do governo de Israel, para não ter que revelar detalhes de sua vida. Ele acabou preso por induzir a taquígrafa ao suicídio.
No último dia 5, depois que o duplo suicídio estava acertado, o casal alugou um quarto no hotel Bay Park, mas apenas Silva tomou o veneno. Quando ela foi encontrada morta, Ferraz não estava mais no hotel, mas acabou preso no mesmo dia.
Durante o tempo em que permaneceram juntos, Silva pagou várias despesas de Ferraz, inclusive de sua mulher e seus filhos. Segundo a polícia, ela havia comprado um carro para ele.
Antes de se matar, a taquígrafa havia descoberto que Ferraz era casado, mas mesmo assim manteve o relacionamento. De acordo com a Polícia Civil, a família dela também já havia tentado, sem sucesso, fazê-la desistir do relacionamento.

Romeu pós-moderno
O Romeu pós-moderno é virtual,
E um tanto capitalista, egoísta e consumista...
O Romeu pós-moderno faz pacto de morte,
É “cavalheiro”
Deixa sua amada beber primeiro,
Não toma o veneno,
Espera que Julieta morra
Para ficar com todos os seus bens...
Salomão Alcantra
J.Nunez

Os especialistas de todas as áreas

Os especialistas
Os especialistas de todas as áreas
Quando comentam na televisão
Sobre educação, crime, jovens, sociedade e comportamentos;
Sempre me surpreendem!...
Espero deles algo revolucionário,
E eles vêm com aquele comentário
Que até minha avô lavadeira de rio pode dar...
E como eles são moldáveis e passionais...
Salomão Alcantra
J.Nunez

segunda-feira, 29 de agosto de 2011

Artigos Imparcialistas e poesias Imparcialistas

 Ruela dos desvalidos
Ela não quis fazer sexo  com o cara,
Preferiu roubá-lo,
Deu ao homem um boa noite cinderela,
Roubou sua carteira...
Suas calças, camisa e sapatos, o safado do cafetão roubou...
A polícia chegou tarde, a mídia foi chamada
E homem estava ali quase nu... na ruela dos crimes.
Drogas, roubos, prostitutas, travesti,
Assassinatos, viciados, fracassados da ruela dos desvalidos.
O homem encobriu o rosto com as mãos,
 E não se lembrava de nada!
A polícia não fez nada, não havia o que fazer!
A mídia filmou o cotidiano, o dia a dia na ruela dos crimes.

Abdias de Carvalho
J.Nunez
Abdias de Carvalho poeta da estagnação, da poeira assentada, da falta de perspectiva, da baixeza moral, da atrofia, da revolta calada, do silêncio dos excluídos, da ruminação furiosa e secreta, da repugnação, da repetição angustiante, da falta de oportunidades, da linguagem repugnante, esse poeta representa o abandono, o deixar se onde está.
 Nesse poeta não há incertezas, mas sim eterna imobilidade.     


Artigos e poesias Imparcialistas

A visão Holística do homem primitivo e o modernismo
O contato do homem com todas as suas dimensões,
Com a vida holística, cósmica e espiritualizada
Foi sacrificada em nome do materialismo,
 Do cristianismo e suas verdades distantes da alma,
Do homem espectral  e da natureza...
O homem cristão e moderno expandiu o intelecto,
Aprofundou excessivamente do mundo físico,
Construiu o mundo da matéria,
E distanciou da vida holística dos homens primitivos.
As culturas primitivas que não evoluíram,
 Segundo os critérios de evolução no mundo físico,
São tidas como culturas inferiores,
Essas culturas primitivas e não cristãs, são culturas de homens
Que possuem o contato com o mundo em todas as suas dimensões,
Seu olhar holístico sobre a vida não os deixam se fixarem no mundo físico
Como ocorre na cultura cristã, materialista e exclusivamente física.
Essas culturas primitivas começam a ser valorizadas
Agora que o mundo não agüenta mais o modernismo,
O consumo, a exploração do planeta,  o mundo físico,
A loucura da vida moderna, as doenças modernas...
O mundo precisa do homem primitivo, da cultura primitiva,
De sua vida holística e seu olhar sobre todas as dimensões do homem.
Nós ainda dançamos, porém não entramos mais em contato do o eterno...
Octávio Guerra
J.Nunez

domingo, 28 de agosto de 2011

Kuduro de Dom Omar e poema Dança moderna...



Dança moderna

A dança era caminho para Deus, 
Elevação do corpo e da alma. 
A música e dança eram rituais,  
A dança era adoração ao eterno...
Era a visão holística do homem,
A dança era descida aos infernos.

A dança é era ritual místico; agora é produto e mercado.

A dança perdeu a sua essência,  
A dança agora é produto, capitalismo, 
A dança agora é mercado, consumo...
A dança perdeu a visão holística, 
A dança é sexo fácil pós-moderna, 
Diversão e libertinagem do mundo globalizado.

Octávio Guerra
J.Nunez
   

Postagem em destaque

O Imparcialismo: O Ciclo de Saturno

O Imparcialismo que começou a ser escrito em 2006 E  revelado em 2008. Foi à leitura do fim de um período, Iniciado pós-guerras, tempos...

O Novo Contexto Para a Literatura Contemporânea

MOVIMENTO IMPARCIALISTA