Postagens

Mostrando postagens de Agosto 14, 2011

Poesias para o novo contexto....

Imagem

Natalie é eleita deputada em 'Insensato Coração' e

Imagem
A novela insensato coração fez uma leitura da sociedade brasileira e fecha com chave de ouro elegendo Natalie a deputada, já não bastava o TIRIRICA!

Mundo real e mundo virtual

Mundos desconhecidos Era uma vez um mundo real,   Com pessoas reais e coisas reais, Esse mundo real não era só felicidade! Porém era vida real com coisas reais... Esse mundo real foi engolido lentamente Por um mundo virtual, Até que um dia os homens deixaram de viver E passaram a olhar e a conversar através de imagens projetadas.... Enquanto o homem vivia a ilusão de viver, Naquele antigo mundo real, As flores ainda insistiam em revelar beleza e vida, E um velho índio ensina aos homens o que é viver. Octávio Guerra J.Nunez

Segunda exclusão social num muito futuro próximo....

O Brasil do futuro O Brasil do futuro É o Brasil estrangeiro capacitado, competitivo... Os Brasileiros foram lavar banheiros e pratos Na Europa, na Ásia  e na América.... Agora com a crise mundial os europeus educados, Civilizados, capacitados e competitivos Estão chegando ao Brasil para ocupar o mercado de trabalho Que não temos competência para assumir Porque não temos educação e formação... Porque os governos preferiu um povo ignorante em todos aspecto. O Brasil é o país do estrangeiro... Da segunda exclusão social...da bolsa família, das esmolas... Octávio Guerra J.Nunez

Artigos Imparcialistas: Colágeno em pé de frango, tô dentro....

Colágeno em pé de frango, tô dentro....

Imagem
Pé de frango Pé de frango, farofa e quiabo  no meu prato, Óleo de dendê, e pimenta ao lado Cerveja preta,  café e água, Vela sobre a mesa.    Não, não despacho, A vela é porque cortaram a luz, E o pé de frango é colágeno puro E colágeno é bom para a pele, Cartilagens e ossos. Se acaso serve para arrumar marido, Tudo bem, tô dentro... Também estou precisando de amor... Salomão Alcantra J.Nunez

Poesia Nascimento de filho e filha

Um novo amanhecer em minha vida. Como à luz de uma única manhã em minha vida, te esperei... Te levei em meus braços
Até onde a imaginação pode alcançar, Fiz o seu destino a minha maneira de sonhar.

Não sei porque apresso tanto... Se ver à luz será sempre o momento
Mais sublime, mais intenso... de toda uma vida.

Um dia você entenderá,
Porque invadimos o seu mundo;
É que o destino entrelaçou nossos dedos,
E sempre irei pelos seus caminhos.

Me perdoe se apresso tanto, é que te amamos.
Já te vejo menino (a)..., Tenho a gratidão de seu primeiro sorriso, Apuro meus ouvidos para escutar
Suas primeiras palavras.

Te acompanho de pertinho,
Para ver seus primeiros passos...
Mas com que gesto, com qual palavra...
Vou dizer, que é você minha mais nova
Razão de viver, você é a luz, é o alento,
É o novo amanhecer em minha vida.
Estou aprendendo uma nova canção de ninar,
E quando você dormir, vou sonhar por você.

J.Nunez