Pesquisar este blog

MOVIMENTO IMPARCIALISTA

MOVIMENTO IMPARCIALISTA
IMPARCIALISMO

sábado, 30 de julho de 2011

Artigos Imparcialistas: A criança e a educação moderna, a criança e a imitação

Artigos Imparcialistas: A criança e a educação moderna, a criança e a imitação

A criança e a educação moderna, a criança e a imitação

Criança pós-moderna ou imitação de celebridades

Meus avós quando crianças se vestiam
E se comportavam imitando adultos,
Porém meus avós eram crianças
Que sabiam respeitar seus pais e outras pessoas adultos,
Isso porque eram educados pela educação tradicional
Suas mães e pais eram presentes a havia uma hierarquia
E um enorme distanciamento entre ser uma criança em formação
E um adultos experiente, vivido e responsável pelos seus atos.

Suas mães possuíam a essência de serem mulheres e mães,
Seus pais possuíam a essência de serem homens e pais.
A sociedade pós-moderna nivelou tudo
E ainda destruiu todos os valores em nome da sociedade do consumo.

Dizem que as crianças do tempo dos meus avós
Não viviam seu tempo de infância porque eram imitações dos adultos;
A criança pós-moderna não vive mais o tempo de infância
Do que a criança do tempo de meus avós
Pelo considerável fato de não serem elas imitação de seus pais,
Não imitarem o comportamento dos adultos,
E ainda não vestirem iguais a eles...
Na criança pós-moderna essas imitações são muito mais graves;
As crianças de nosso tempo são a imitação das celebridades:
Cantores comerciais, jogadores de futebol que encenam ser,
Atletas e artistas de televisão...

A criança pós-moderna é imitação e mercado consumidor
De produtos direcionados a elas...
A criança pós-moderna é a imitação da superficialidade do imediatismo
Dos artistas comerciais de seu tempo,
Artista que duram apenas a puberdade de minhas e meninos de uma geração.

O mais grave de essas crianças serem imitações de celebridades descartáveis
É o fato de elas serem influenciadas por coisas vazias e com um único propósito,
Vender, satisfazer a um mercado consumidor formadas por crianças e adolescentes
E ainda essas crianças e esses adolescentes não são influenciados
Por seus pais, porque a sociedade pós-moderna destruiu a proximidade
Entre as pessoas da família e os valores que eram à base da família.
A criança em formação foi nivelada á seus avós; isso é uma aberração!

Salomão Alcantra
J.Nunez

Características, contexto históricos e temática do Imparcialismo:

Características do Imparcialismo:
· onirismo
· cosmopolitismo virtual
· bucolismo urbano (descompromisso, leveza)
· fatalismo
· imparcialismo
· possibilismo
· globalismo cultural
· multidisciplinalidade
· multiculturalismo
· amor analítico
· observador imparcial, sem distanciamento histórico.
· franqueza
· ambientalismo
· pensador livre
· ocultismos
· realismo interior
· abstrato e subjetivo
· regeneração
· catastrofismo
· conservadorismo livre
· sincretismo
· auto-exclusão
. cronopoema


No Imparcialismo as características e a temática se fundem dentro do estudo do novo contexto para a literatura.

O contexto histórico:
• Democratização da informação (acesso ao conhecimento)
• Independência e ascensão social através do conhecimento.
• Possibilismo, os caminhos possíveis para se atingir o sucesso.
• Capitalismo, as possibilidades de exploração e criação de mercados.
• Cosmopolitismo virtual acesso a outras culturas virtualmente.
• Manipulação do conhecimento e da cultura (dizer o que um certo grupo de pessoas deseja ouvir)
• Igualdade dos sexos.
• Descompromisso sexual, traição virtual
• O homem metrosexual, o homem desconhece seu papel dentro da sociedade
• A falta de conquistas e estímulos no homem atual (sexo fácil)
• O progresso da mulher e suas desilusões pessoais
• Sensacionalismo absurdo, exploração da noticia da pobreza etc. (arena virtual, palco virtual, industria da informação)
• Observação sem distanciamento histórico (imparcialismo)
• Novo vocabulário para o novo contexto
• O multiculturalismo
• Guerra cibernética.
• Consciência ambiental
• A desinformação da informação.
• Catastrofismo reflexo dos desastre ambientais.
• A tecnologia e a exclusão do homem. (desvalorização do homem)
• O intercambio cultural (prevalece a cultura mais forte, sem que aconteça invasões territoriais)
• Globalização cultural (acesso a todas as culturas e a toda forma de conhecimento)
• Distanciamento da cultural entre as gerações (desrespeito a experiência de vida)
• Cultura com base meramente na posse e no consumo.
• Desvalorização do ser humano e suas virtudes.
• Igualação em valor hierárquico entre a criança e o adulto (cultura do consumo, da posse e da tecnologia)
• Objetivação do homem (onde o homem é apenas meios para se atingir metas)
• Subjetivismo abstrato (o conhecimento não é vivenciado nem aplicado está apenas no campo das idéias)
• A sociedade do prazer ( capitalismo, sociedade que busca a satisfação e tem repudio ao sacrifícios.
• Não ficcional (o grande avanço da tecnologia tirou de nós a idéia de ficção)

Fotopoética, fotopoema, contextualização do poema na imagem e da imagem no poema, poesia imparcialista, poeta imparcialista Hermínio Vasconcelo. J.Nunez


clique na imagem

sexta-feira, 29 de julho de 2011

Miscigenação, povo brasileiro, racismo, escravidão....

J.Nunez

Nós os filhos de Cam, Jafé e Sem
  1. Nós descendentes dos filhos de Cam,
  2. Nós descendentes dos filhos de Sem
  3. Nós descendentes dos filhos de Jafé.
  4. Nós filhos dos filhos dos amaldiçoados,
  5. Nós filhos dos filhos dos escravocratas,
  6. Nós filhos dos filhos dos escravizados.
  7. Nós somos o fruto do pecado...
  8. Nós somos os pecados do mundo,
  9. Nós somos a escoria da humanidade,
  10. Nós somos a perdição do mundo,
  11. Nós a vergonha das idiotices históricas;
  12. Tempo e mentira não nós ocultará.
  13   A humanidade redimirá de suas culpas em um povo moreno.
  
  14.  Nós causaremos terror, medo da revanche.
  15.  Nós assombraremos e calaremos o mundo
  16.  Nós os miscigenados, a cor pecado,
  17.  Nós mistura de pele e cultura,
  18.  Somos resultado da agregação de características,
  19.  A raça temida durante a história,
  20.  Somos o morenamento de um continente,
  21.  Somos gloria e triunfo dos homens,
  22.  Somos paz entre filhos de Noé
  23.  Somos onde prevalece vontade de Deus,
  24.  Somos redenção de Cam, Sem , Jafé...
  25.  Nós somos o equilíbrio do mundo.
 
Octávio Guerra
J.Nunez

 
POESIA ESCRITA NA MÉTRICA IMPARCIALISTA

O pós moderno, a sociedade contemporânea, a sociedade de prazer e do entretenimento, a sociedade sexo fácil, a sociedade mulher no poder, a sociedade homem degenerado, a sociedade sem altruísmo, a sociedade imediatista, a sociedade está sendo observada para a formação de um novo contexto para a literatura, você está sendo observado

quinta-feira, 28 de julho de 2011

POESIA E MENSAGEM DIA DOS PAIS: Ser pai nasce com os homens

Ser pai nasce com os homens

Pais são pessoas que sonham três vezes,
Sonham seus sonhos individuais,
Sonham os sonhos dos filhos,
E ainda conseguem sonhar pelos seus filhos.

Pais são pessoas que vivem quase três vidas,
Vivem sua vida particular,
Vivem um pouco da vida de seus Filhos
E ainda vivem pela família.

Pais são guerreiros em três frentes de batalhas,
Batalham seus sonhos,
Batalham os sonhos dos filhos
E batalham o sonho da família.

Pais são pessoas se constroem,
São pessoas que aprendem,
O que ninguém pode ensinar, ser pai.

Ser pai nasce com os homens,
Os Homens são divididos em dois:
Antes, e depois de serem pais.

J.Nunez

Artigos Imparcialistas poesia de amor para esquecer

Artigos Imparcialistas

Poesia de amor para esquecer, relembrar e reviver


clique na imagem para ver maior

quarta-feira, 27 de julho de 2011

POESIA DE AMOR CLÁSSICO IMPARCIALISTA

Eu nada pedi, e tudo foi negado...

Curvas perigosas da estrada,
Letreiros de motel,
Relâmpagos silenciosos ao longe...
Eu sei que te amo
Porque uma lágrima caiu na partida,
Eu sei que ela me ama porque não segurou as lágrimas...
Eu sei que temos muito em comum
Porque sorrimos juntos tantas vezes, e de coisas tolas...
Eu sei que outro sorriso se parecerá com o seu sorriso,
Sei que outra voz se parecerá com sua voz,
E até outro corpo terá o seu jeito de andar e estar presente,
Eu sei que nada disso faz de outra pessoa
Você que eu tanto amo e digo Adeus.
O amor está se acalmado feito um vulcão que adormece
Aqui no fundo de meu coração...
Meu amor furioso se entrega feito um animal abatido...
Meu amor se entrega feito um inocente
Julgado e Condenado a sofrer por amor...
Eu nada pedi, e tudo foi negado...
O seu amor ainda está em mim dissimulado
Por muitas mentiras que não tenho contado,
Mas vividas cada dia que não tive o nosso amor...

José Nunes Pereira
J.Nunez

segunda-feira, 25 de julho de 2011

Diversidade, multiculturalismo, globalização e terrorismo


Diversidade cultural, multiculturalismo,
Globalismo, possibilismo, teorizações de tudo,
Destruição das ideologias, da fé, das crenças, das teorias,
Teorizações e interrogação de tudo,
Radicalismo religioso, radicalismo políticos,
Radicalismos ideológicos, racismos, homofobia, liberdade sexuais,
Terrorismos, nacionalismo, patriotismo soberbo, miscigenação,
São as ambigüidades, dualismo, oposições e paradoxos pós-modernos
Na sociedade diversificada, globalizada e multiculturalista.
A tentativa de criar uma sociedade igualitária é uma inocência
Pós-moderna que expõem a violências homofóbicas,
Ao racismo, a exclusão de indivíduos marcados por estereótipos,
Conceitos biológicos, religiosos, éticos, morais
E lei que dão parâmetros do que é certo e do que é errado na sociedade
Em todos os tempos. Ao ignorar a dualidade e a oposição
Que torna possível a existência de qualquer coisa, a sociedade pós-moderna
Se torna inocente no paraíso das devassidões da sociedade do prazer;
Sociedade da felicidade embasada do sexo fácil, nas drogas, na superficialidade
No entretenimento, na saúde de fachada e no consumo.
É outra ilusão pós-modernista, a tentativa de uma sociedade igualitária que é
Uma afronta, uma provoca a minoria de indivíduos de idéias contrárias,
Que se tornam radicalistas em suas manifestações de idéias e ações,
Mesmo porque não resta outro caminho.
A luta pelos direitos de grupos sociais não pode ser a bandeira
Para a construção de uma sociedade igualitária, padronizada,
“Democrática”, ignorante, paralisada, inocente;
Haverá sempre idéias contrárias,
A única Bandeira que podemos unificar é a bandeira do respeito
Humano e do valor humano e do diálogo entre as oposições.
Estamos assustados com o terrorismo no mundo pós-moderno,
Mas esse terrorismo é explicável, porque ele é resultado da tentativa
De impor todas as liberdades, igualdades na sociedade pós-moderna,
A luta pela igualdade já foi causa nobre e digna, mas agora extrapolamos
Estamos destruindo todos os valores,
Todas as diferenças em nome da unificação e padronização das idéias.
Enquanto louvamos a diversidade e o multiculturalismo;
Essa diversidade, esse multiculturalismo, essa globalização
Ocultam em si mesmos a padronização do homem da cultura,
Da aceitação, da crença, da fé, dos costumes, da moral,
Da ética e de qualquer outra coisa que puder ser padronizada.
O multiculturalismo é inocente como uma criança,
O multiculturalismo ainda não se deu conta, que apesar da boa intenção,
Ele é a destruição da cultura estruturada.
O multiculturalismo só é possível no pensamento livre
E na curiosidade humana e individual.
A cultura mundial não pode ser estruturada por pedaços que não se encaixam.
O multiculturalismo e a diversidade é a destruição através da adaptação dos conceitos,
Das teorias, da moral, dos valores, da ética e da fé;
Adaptação de tudo à sociedade do prazer
E do entretenimento esse que é nossa única meta e valor.
O multiculturalismo é semelhante ao
Cientista maluco que possui a ambição descabida
De criar um carro com peças de avião, bicicleta, carro,
Motocicleta, trator, carroça, barco, submarino,
Foguete e outras coisas que tiver a sua disposição.
Essa estranha pretensão de unificação do comportamento, pensamento
E da aceitação causa a guerra entre as idéias opostas, a única
Bandeira digna de ser levantada na pós-modernidade
É a do respeito humano e da consideração humana
Acima de todas as diferenças...

Salomão Alcantra

J.Nunez

A sociedade pós-moderna é o fim da sociedade moderna

A sociedade Pós-Moderna é o fim da sociedade Moderna, a sociedade Pós-Moderna é a degeneração total da modernidade... Essa baixeza total, esse perda de todos os valores é que consideramos outro tempo, que na realidade está dentro de um mesmo tempo, a modernidade. Um novo tempo seria possível com a ruptura de tudo que foi moderno e pós-moderno. A literatura Imparcialista é contemporânea, porém não a considero Pós- Moderna porque a literatura Imparcialista é a análise de seu tempo sem distanciamento histórico, análise de si mesma e do homem contemporâneo.
A literatura Imparcialista não faz ruptura com a modernidade ou a pós modernidade porque a literatura imparcialista e a auto-exclusão que faz possível a leitura de nosso tempo sem distancimento histórico.
A literatura Imparcialista é a observação da Pós-Modernidade.
A literatura imparcialista distingue da literatura de outros tempos porque ela não pertence a um tempo, o imparcialismo é a análise de seu tempo e de outros tempos que passou o que virá.
O imparcialismo está fundamentado na observação do contexto sem distanciamento histórico e seu método e aparelho de observação é a auto-exclusão, a não identificação com seu tempo e a visão imparcial.

J.Nunez

Celebridades artistas e talentos...

As celebridades na sociedade Big Bang
As drogas e as bebidas na vida das grandes celebridades
Podem ser resultar da fuga a realidade, que para os fãs está consolidada
E que é uma realidade concreto pelo simples fato de os fã
Não necessitarem de passar por uma transformação radical em sua personalidade,
Porém para as celebridades a realidade é bem diferente.
Do mesmo modo que qualquer profissional precisa de um tempo
Para consolidar uma personalidade que relacione e dialogue
Com mundo exterior de modo equilibrado e coerente, do mesmo
Modo que um professor, uma mecânico, um advogado precisa
De um tempo para que se sinta seguro para se assumir com um profissional;
Uma celebridade precisa desse mesmo tempo para se assumir com artista
Talentosa, e adorada por todos...
A depressão das celebridades, a fuga nas drogas e o alcoolismo
Pode ser resultado de uma insegurança e não aceitação de si mesmo
Como alguém que pode dar conta de tudo
Que é cobrado comprado pelos fãs, pela mídia, pelos empresários etc.
A nossa realidade interior é feita de sentimentos, pensamentos e emoções,
A realidade exterior Moderna e Pós Moderna nos sufocam nos atropelam
Porque não somos máquinas, precisamos de tempo e espaço, e nosso tempo e espaço são
Interior e muito diferente da mecânica da vida moderna.
Em nosso tempo interior não existe imediatismo, precisamos
De tempo para nos consolidar interiormente, precisamos de rituais para nos concretizar,
Esse tempo não é permitido às grandes celebridades no auge de suas carreira.
Na sociedade Pós Moderna tudo é criado com o Big Bang
E se destrói na mesma explosão.

Octávio Guerra
J.Nunez


domingo, 24 de julho de 2011

MODERNISMO OU PÓS–MODERNISMO

MODERNISMO OU PÓS–MODERNISMO
O modernismo morreu,
Porém se continuarmos olhando para o avança
Tecnológico e cientifico como se ele fosse o modernismo e si mesmo,
Certamente continuaremos em um mesmo tempo histórico de ilusões de avanços;
Ilusões de que o homem é muito melhor...
O Pós-Modernismo é muito mais comportamental
Que a situação exterior ao homem,
Apesar de homem pós-moderno ser confundido com seu tempo e espaço...
Somos a sociedade do prazer do entretenimento,
Do sexo fácil e virtual, da mulher imitação do homem
E do homem imitação da mulher superficial e submissa...
Somos a sociedade dos consumos absurdos
E dos prazeres acima de todas as ideologias,
Crenças, fé, valores, virtudes...
Estamos no mundo para ser felizes e sexuais...extremamente sexuais....
Somos a ilusão da ilusão, a ilusão dentro da ilusão,
Estamos engolidos pela imagem virtual e ilusória que criamos de nos mesmos,
Somos embriagados que se embriaga como se não estivesse embriagado.
Somos a sociedade com indivíduos com milhares de amigos virtuais e imaginários.
Meu carro furou o pneu a cinqüenta quilômetros da cidade mais próxima
Tenho 2255 dois mil e duzentos e vinte e cinco amigos virtuais,
Porém tive que pedir socorro ao meu velho e bom amigo da escola primária,
Que amigo virtual vai ter essa consideração...

Salomão Alcantra
J.Nunez



Ilusão Pós-Moderna

Amigos Virtuais

Tenho 2032 amigos virtuais:
Preciso de dois mil reais,
Preciso de um rim,
Preciso que alguém empurre meu carro,
Quem sabe algum amigo virtual
Está disposto a colocar a mão no fogo por mim...
Ou isso tudo é ilusão da ilusão Pós-Moderna

Salomão Alcantra
J.Nunez

Postagem em destaque

Fique por perto!

Volte logo, Não demore muito, Fique por perto! Eu te esperarei dentro e fora do tempo. Sua alma é nobre, Fique no sangue do meu sangu...

O Novo Contexto Para a Literatura Contemporânea

MOVIMENTO IMPARCIALISTA