Postagens

Mostrando postagens de Julho 10, 2011

Forma feminina

Imagem

Crise mundial, luxo e ostentação....

Quem vai sustentar e ostentar o luxo europeu e americano,
Quem vai sustentar a arrogância da antiga grande potência econômica do mundo,
Quem vai sustentar seus caprichos, seu luxo, sua belas e luxuosas cidades,
Sua superficialidade dos tempos modernos, seu consumismo, sua civilidade,
Seu materialismo, seu orgulho, quem é que vai manter o status e a posse
Se a economia das grandes potências esta desmoronando feito torre de babel.
Agora estamos definitivamente na pós-modernidade,
E o marco para essa era são as crises da economia global com seu tempo de globalizações.
Estamos no tempo dos entretenimentos, do não sacrifício, das superficialidades,
Da cultura de entretenimento, do cinema de entretenimento,
Da música de entretenimento, um tempo em que estudante universitários escutam
Sertanejo universitário e outras músicas mercadorias e entretenimento,
Tempo em que as escolas e religiões sujeitas a todos os caprichos sexuais e consumistas
Da geração do prazer e do entretenimento...

Profissão Repórter - 12/07/11 - Sexo, Troca De Casais & Pegação,

Imagem
Essa é a sociedade do prazer...
A sociedade do prazer:

um estudo da Literatura Imparcialista
A sociedade do prazer na literatura imparcialista é formada pelo consumismo,
Pelo capitalismo, pelos avanços tecnológicos, pela satisfação de todos os nossos
Desejos sem levar em consideração qualquer impedimento que possa existir,
Sejam eles morais, éticos, religiosos, espirituais, humanos...
Essa sociedade do prazer foi criada a partir na criação de mercado,
Da industrialização, dos avanços científicos e tecnológicos
E do capitalismo que faz de tudo um produto e um publico consumidor...
A sociedade do prazer é a sociedade imediatista e que possui a ilusão de não altruísmo...
Ilusão de não altruísmo sim!... Porque viver é um sacrifício em beneficio próprio e dos outros...
E não importa o quanto somos egoístas,
A verdade é que estamos no mundo e o mundo está em nós inevitavelmente...
A sociedade do prazer é extremamente sexualizada, individualista e egocêntrica,
A sociedade do prazer é mater…

Poema de amor correspondido ou não correspondido, não importa; o que prevalece é a vida e a procuro pelo amor.

A Conquista de um amor


Eu quero saber se é amor.
Para saber se esse sentimento
É correspondido por você,
Tenho ariscar feito um jogo.

Tenho que me aproximar de você
Sem reservas, sem prudência e medo.
Se o meu sentimento não for correspondido,
Tenho que conquistar o seu coração,
Se caso seu coração estiver ocupado
Por um amor que não seja eu,
Tenho que lutar por esse sentimento,

Mas se você pedir que eu te esqueça;
Vou esquecer porque a vida sempre continua...
Vou buscar outro amor que eu possa viver,
Pode ser que eu tenha que conquistar,
Pode ser que o amor venha de um primeiro toque de olhar...
Para saber se é amor,
Só vivendo, sofrendo, lutando juntos por toda a vida...

Saturnino Queiros
J.Nunez

A sociedade e o homem pós moderno

O marido metrossexual


O marido metrossexual de minha ex-mulher,
É muito “legal” como diz minha filha,
Afinal ele não quer o trabalho de educar filhos
É pós-moderno e ainda adora Shopping e centro de estética.
Ele faz pinta unhas,
Parece que até passa batom,
Colocou silicone na bunda,
Corta o cabelo e depila com hora marcada,
Pinta os cílios, faz sombracelhas,
Rapa os cabelos das aquicilas,
Compra kit de beleza,
Passa creme no corpo todo,
É vinte anos mais novo que eu e não se importa
Em ser sustentado por mulheres...
É simpatizante de toda forma de sexo e liberações;
Participa da marcha da maconha, do abordo e das putas...
Sabe tudo de vaidade masculina e feminina e troca de casal...
Não sei se estou falando do marido de minha ex-esposa
Ou de suas amigas...
O atual marido de minha esposa é a sociedade do prazer em pessoa...

Salomão Alcantra

J.Nunez

Família Moderna: Marido e mulher contemporâneos

Marido e mulher contemporâneos


A mulher leva o filho renascido ao colo
Ela ainda está com todos os efeitos e sintomas de pós-parto.

O marido metrossexual
Vai ao seu lado como um amigo simpático,
De sobrancelhas caprichosamente feitas,
Cabelos e barba feitas de maneira planejada,
Unhas pintadas, corpo provavelmente depilado,
Camisa e calça coladinhas, corpo quase atlético
Personalidade superficial, andar descompromissado...

Ela sobrecarregada com trabalho fora e dentro de casa,
Com a sina de ser mãe que cuidar, alimentar e educar seus filhos...
Ela com a sina de ser o campo fértil da vida humana.
Ele simplesmente homem sem a essência de ser homem,
Desmontado, destruído, desorientado fora e dentro de si mesmo...
Ele fruto do mercado e produtos para homens vaidosos e confusos...

Ela sacrifica pelo filho; ele parece estar à disposição das meninas
Quem com quem troca olhares...

Octávio Guerra
J.Nunez

Os poetas

O Imparcialismo: poesia para o novo contexto,  é um Movimento Literário que busca a poesia e a literatura que faça uma leitura do homem contemporâneo. A cultura globalizada e o multiculturalismo e a negação de desses conceitoa é uma das caracteristicas desse Movimento Literário. Esses poetas ou pseudônimos são chamados de os Imparcialistas. Os poetas que integram esse Movimento Literário são:
Octavio Guerra Jonas Corrêa Martins Abílio Santana Saulo Menezes Castro Herminio Vasconcelos Abdias de Carvalho Murilo Santiago Francisco Medeiros Salomão Alcantra Darci Costa Josias Maciel Saturnino Queiros josé Nunes Pereira Albano MoraisCícero FernándezJ.Nunez

Todos os poetas imparcialistas são pseudônimos de J.Nunez, poeta, professor e editor do Blog Cidade de Marilia e do blog Artigos Imparcialistas. 

Trindade: multiculturalismo, diversidade e sociedade do prazer

Não haverá mais Santos e profetas Somos imediatistas,
Não fazemos sacrifícios,
Somos materialistas e consumistas,
Não temos ideologia e estrutura,
Somos multiculturalistas, cultuamos a diversidade e o sexo...

Somos a sociedade em que tudo é destruído por conceitos
Que moldam tudo à sociedade do prazer...
E suas degenerações sexuais...
Tudo está abaixo de todas as formas de prazeres...
O sexo está em tudo e os conceitos religiosos e espirituais
São destruídos para a inclusão do sexo gay.

As grandes culturas e as religiões se curvam diante da
Trindade: multiculturalismo, a diversidade e sociedade do prazer
E assim destruiremos o conhecimento e a verdade absoluta.
As grandes culturas e as religiões se curvam
Diante da grande Rameira: a sociedade do prazer.


Albano Morais
J.Nunez
Albano Morais, poeta da rigidez cultural, da essência do ser humano, do caminho único, da objetividade da vida e do espírito, da rigidez dos valores, da moralidade e da ética, poeta da inflexibilidade do conhecime…

Oratório - Poesia religiosa

Imagem
clik na imagem para ler o texto...