Pesquisar este blog

MOVIMENTO IMPARCIALISTA

MOVIMENTO IMPARCIALISTA
IMPARCIALISMO

sábado, 2 de abril de 2011

Imediatismo, sociedade do prazer...

Garotas que matam de prazer e matam depois...


Ela me faz sentir vivo...

E sentir se vivo depois dos sessenta e cinco

Não é para qualquer um...

Eu me sinto vivo, vivo com Viagra,

Vivo com seu sexo e sua ilusão de quem não possui vivencia.

Eu me sentia vivo, mas quase fui morto: Primeiro pelo seu fogo

Que não tenho competência e ereção para apagar...

Eu me sentia vivo, mas quase morto

Pela sua tentativa de homicídio

Para ficar com tudo que ela pensa que eu tenho...

Ela quase me matou de todas as maneiras

E com as melhores e mais prazerosas maneiras de cometer um assassinato...

Ela foi presa com seu comparsa de quase um crime...

Eu nada perdi, nada ganhei..., e outra dessa que quase me matou

Está ali do outra lado do balcão...e insinua

Coisas que qualquer individuo dessa sociedade do prazer sabe...

Eu sou dessa sociedade imediatista, consumista e sem altruísmo

Graça ao remédio azul, aos avanços científicos e tecnológico...

...Que levanta e derruba... Faz viver e morrer, é quase um deus pós-moderno.

Sexo contemporâneo e filhos modernos é igual à agricultura pós-moderna:

Tudo é feito em laboratório... Nada contra!...Meu sexo é feito em laboratório...

Abílio Santana
J.Nunez

Aniversário de Marília - Poema

Marília é uma cidade...


Marília, cidade atemporal, celeiro da arte,
Se não fosse assim Marília seria uma mulher...
Cidade inspiração, cidade trabalho,
Cidade progresso, cidade futuro...

Marília tem um pouco disso:
De sorte e trabalho,
Marília tem casualidade e propósitos,
Marília tem charme e beleza,
Marília é seriedade e descontração.


Marília é uma cidade,
E não passa feito menina bonita,
Marília é plantada nesse chão,
Mas essa Marília!... Que não passa despercebida!

Essa Marília, é de mexer com o coração
De quem aqui chega.
Marília não é mulher, mas esse charme,
É de não deixar de olhar nunca mais...
Marília seduz porque é humana,
Marília parece que tem alma,
Marília parece gente!...

Há Marília! Está ficando tarde
Tenho que ir embora minha querida Marília...
Sou poeta do mundo...Sou poeta Imparcialista.

Hermínio Vasconcelos
J.Nunez

quarta-feira, 30 de março de 2011

Sexo na sociedade sem altruísmo e imediatista...

Sexo Imediatista e sem altruísmo


O cara que morreu ali na outra quadra,

Era só mais um cara imediatista,

Somos rapidinhos em tudo...

O cara só queria uma rapidinha com a garota de programa,

Somos a sociedade da inclusão, sociedade reality Show

Sociedade da desinformação da informação,

Sociedade da inclusão que desrespeita a liberdade de opinião e crença,

A sociedade que dignifica tudo em nome da criação de mercado,

Então o correto é dizem a “Profissional do Sexo”.

A prostituta que é uma profissional que está perdendo mercado para o sexo fácil,

Sexo com qualidade de imagem, sexo virtual, sexo HD, sexo na TV,

Sexo na balada, sexo PA (pinto amigo) ou (pau amigo)

Se estamos fazendo sexo sem compromisso com nossas coleguinhas

Porque vamos procurar as Profissionais do Sexo...

A competição é injusta, e as Profissionais do Sexo,

Que pagam impostos, podem até se rebelar contra essa sociedade libertina...

Essa é a sociedade megaprazer, e para o megaorgasmo criamos drogas,

E máquinas que fazem sexo...

Essa é a sociedade que descobriu o prazer a partir de suas liberdades sexuais,

De seu capitalismo, de seu consumismo, de seu materialismo,

Somos menos abstratos nas crenças e nada holísticos na vida...

Kama sutra e sexo tântrico demora muito e da trabalho...

somos imediatistas não praticamos rituais...

Somos imediatistas e o imediatismo não dá a mão ao altruísmo...

Meu avô conquistou uma mulher a vida inteira,

Eu conquisto meia dúzia delas por noite em nenhuma me pertence...

Nem uma esta disposta a viver a vida

Onde o coração, a alma e os sentimentos abstratos são nossa eternidade a dois...

Salomão Alcantra

J.Nunez

terça-feira, 29 de março de 2011

Artigos Imparcialistas: Poema para José Alencar

Artigos Imparcialistas: Poema para José Alencar: "Agora! Não adia mais nada, A vida é agora, Agora é a hora do soco na mesa, Agora é o momento do ponta pé na porta. Agora é a hora de a..."

Poema para José Alencar

Agora!


Não adia mais nada,

A vida é agora,

Agora é a hora do soco na mesa,

Agora é o momento do ponta pé na porta.

Agora é a hora de amar sem medida,

Hora de sofrer sem medos,

Agora é o momento do sacrifício

Hora de por tudo a prova...

Agora é a hora de ser honrado,

Hora de bater o martelo.

Agora é a hora de estender a dar a mão,

A hora da verdade,

A hora do grande salto,

Das cartas na mesa,

De tirar as cartas da manga,

O agora é a vida, ela passa diz:_ Vem.

A morte chega e diz, vem comigo,

Não tomo partido nessa sociedade que adia o medo,

Não adiarei nada, nem mesmo a morte.

Saturnino Queiros

J.Nunez

Crônicas, Contos e Poesias - Julio Silva: Contato

Crônicas, Contos e Poesias - Julio Silva: Contato

segunda-feira, 28 de março de 2011

A POESIA CONTEMPORÂNEA IMPARCIALISTA...

A POESIA CONTEMPORÂNEA IMPARCIALISMO NÃO TEM NADA EM COMUM COM A POESIA QUE AINDA É VISTA COMO CONTEMPORÂNEA,  APESAR DE ESTAR A MUITO TEMPO FORA DO CONTEXTO...A POESIA IMPARCIALISTA É O ESTUDO DO HOMEM DENTRO DE SEU TEMPO SEM DISTANCIAMENTO HISTÓRICO...É A LITERATURA QUE PARTE DA OBSERVAÇÃO IMPARCIAL E DA AUTOEXCLUSÃO DO ARTISTA DENTRO DE SEU TEMPO...
A POESIA IMPARCIALISTA NÃO TEM NADA EM COMUM COM OS CONCEITOS QUE AINDA PERSISTE QUANDO SE FALA DE ARTE CONTEMPORÂNEA...
O IMPARCIALISMO NÃO VAI CONTRA O MODERNISMO...E NEM A FAVOR...PORQUE O IMPARCIALISMO É OUTRO TEMPO E OUTRA FORMA DE VIVENCIA E OBSERVAR O MUNDO. NO IMPARCIALISMO O POETA ESTA FORA DE SEU TEMPO...POR ESSE MOTIVO É UM OBSERVADOR IMPARCIAL. OS POETAS IMPARCIALISTAS E SEU MOVIMENTO LITERÁRIO IMPARCIALISMO SÃO TODOS A PESSOA DE J.NUNEZ

QUER SABER MAIS!... PESQUISE ESSE BLOG

Altruísmo nunca mais...

Rompemos com tudo,

Rompemos com a hierarquia,

Rompemos com a educação,

Rompemos com a formalidade,

Rompemos com os rituais,

Rompemos com as cerimônias,

Rompemos com as distâncias,

Rompemos com o respeito,

Rompemos com a noção sexualidade,

Rompemos com os gêneros,

Rompemos com as cortesias,

Rompemos com as gentilezas,

Rompemos com a generosidade,

Rompemos com a amizade,

Rompemos com o humanismo,

Rompemos com o equilíbrio,

Rompemos com o bom senso,

Rompemos com os parâmetros,

Rompemos com a tradição,

Rompemos com a vida,

Rompemos com a morte,

Rompemos com o caminho,

Rompemos com o homem e a mulher,

Rompemos com o intocável,

Rompemos com as virtudes,

Rompemos com as leis ocultas,

Rompemos com a biologia,

Rompemos com a alma,

Rompemos com o altruísmo,

Rompemos com a subsistência

Rompemos com a natureza,

Rompemos com nossa universalidade,

Rompemos com a família,

Rompemos com Deus,

Agora somos a sociedade do prazer

Rompemos com tudo não seja gozo...

Rompemos com tudo e fizemos

Um pacto com o prazer...Estamos nos labirintos dos prazeres...

E esperamos a morte...

Rompemos com tudo em nome do consumismo, materialismo

E do capitalismo e nossa motivação para esse crime foi o prazer...

Octávio Guerra

J.Nunez



domingo, 27 de março de 2011

Multiculturalismo: A formação da nova cultura mundial

A nova cultura


Perdemos a visão holística do índio,

Não contextualizamos o ambiente,

Não temos uma visão clara de coletividade,

Não preenchemos os espaços vazios

Com energia como pensa os orientais...

Nossa maior virtude ocidental

É o amor ao próximo, a caridade e a compaixão

Que são heranças de nossa cultura cristã...

Nosso individualismo vem do tempo em que os filósofos gregos

Falavam dos átomos e sua individualidade indivisível...

Porém estamos a caminho de uma nova consciência de mundo,

De um mundo multicultural

Onde a holística oriental e a individualidade ocidental

Possam se integrar na para a formação

De uma nova forma de viver e relacionar com o mundo.

Essa forma de conhecimento seria a consciência

Da individualidade do homem dentro do coletivo,

Onde o homem é individual e coeso com o universo...

Esse é o novo caminho para as artes conscientes de seu tempo...

Uma nova cultura que sempre existiu no esoterismo ocidental...

Octávio Guerra
J.Nunez

Postagem em destaque

O Imparcialismo: O Ciclo de Saturno

O Imparcialismo que começou a ser escrito em 2006 E  revelado em 2008. Foi à leitura do fim de um período, Iniciado pós-guerras, tempos...

O Novo Contexto Para a Literatura Contemporânea

MOVIMENTO IMPARCIALISTA