Pesquisar este blog

MOVIMENTO IMPARCIALISTA

MOVIMENTO IMPARCIALISTA
IMPARCIALISMO

quarta-feira, 2 de novembro de 2011

Cadáver de noiva - poesia espiritualista

Cadáver de noiva

Fui conduzida até o altar,
Passando entre sorrisos sinceros,
Cumprimentos e comentários
De que eu estava linda!...vestida de noiva.

Logo a festa!...
Logo um caixão no centro da sala.
Um rapaz num choro desesperado!
E pessoas comentando
Sobre um acidente de automóvel.

Eu estava ali, vestida de noiva,
Dentro do caixão no centro da sala.
Tentei desesperadamente acordar do pesadelo,
Nesse instante percebi que o elo
Entre minha carne e meu espírito
Havia se rompido, porém, notei que existo...

Indiferente ao tempo e essa forma espectral;
Ainda não habituei com as paredes que transpasso.
O anjo vestido de preto veio e me envolveu
E confortou-me com estas palavras:
_ A morte é apenas não ter um corpo
Para retornar de um sonho, como um andarilho
Que perambula pelas estradas,
Os mortos perambulam em um universo paralelo.

Agora meu corpo se decompõe
Abaixo de sete palmos de terra.

Abdias de Carvalho
J.Nunez

Nenhum comentário:

Postagem em destaque

O Imparcialismo: O Ciclo de Saturno

O Imparcialismo que começou a ser escrito em 2006 E  revelado em 2008. Foi à leitura do fim de um período, Iniciado pós-guerras, tempos...

O Novo Contexto Para a Literatura Contemporânea

MOVIMENTO IMPARCIALISTA