Pesquisar este blog

MOVIMENTO IMPARCIALISTA

MOVIMENTO IMPARCIALISTA
IMPARCIALISMO

sexta-feira, 28 de janeiro de 2011

A Poesia Contemporânea Imparcialista

Meu grande medo é que te abram os olhos...


Para ganhar tempo ao seu lado faço promessas descabidas

E que certamente não posso cumprir, tudo isso porque sei que você

Ainda têm esperanças em mim, acredita que eu posso mudar.

São esperanças de quem ainda ama ou são esperanças de quem ainda sonha

Que talvez seja a mesma coisa... Certamente não dá para ignorar

O fato de estarmos juntos a tanto tempo,

Edificado uma família e encenando uma vida feliz.

Eu sei de sua conduta, não espero de você grandes mudanças

Sei que sua vida é pautada na moralidade e “no que vão pesar da gente”

Para mim não importa muito seus motivos, só me importo em prender você

Mesmo que seja com falsas promessas e mentiras que você prefere acreditar.

O que tenho feito é inventado valores e encenado virtudes

Que maquiasse minha conduta inaceitável.

Vou mentir, vou fazer promessas que não sou capaz de cumprir

Vou segurar as pontas com omissões e mentiras,

Sei que te faço sofrer, sei que você também omite

E encena uma vida de mentiras bem contadas,

Tudo para não desmoronar o que já está feito,

Tudo porque é tarde para um recomeço,

Tudo porque a vida é feita de virtudes encenadas...

Eu sei o quanto você sofre, mas eu sacrifico você

Em nome da minha vida e de tudo que amo

Com toda a pureza que existe em meu coração.

Eu te faço promessas enquanto morro lentamente...

Afogados nos mesmos vícios dos companheiros que se foram tão cedo!..

Vivo com esse sentimento de vergonha,

Esse sentimento de quem esta se desculpando o tempo todo com agrados sem Jeito,

Que fazem transparecer minha baixa-estima.

Eu sei que você é daquelas mulheres que não sabe do seu valor,

É daquelas mulheres que sofre com um desvalido como eu,

Isso porque você não tem auto-estima o suficiente para saber que pode muito mais...

Meu grande medo é que te abram os olhos...

Meu grande medo é que você descubra que você pode muito mais...

E que basta deixar esse moralismo que te prende, e viver...

Darci Costa

J.Nunez

Um comentário:

Luiz Alberto Machado disse...

Tudo ótimo por aqui também. Gostei, parabens. Indicarei nas minhas páginas, aguarde.
Abração
www.luizalbertomachado.com.br

Postagem em destaque

Fique por perto!

Volte logo, Não demore muito, Fique por perto! Eu te esperarei dentro e fora do tempo. Sua alma é nobre, Fique no sangue do meu sangu...

O Novo Contexto Para a Literatura Contemporânea

MOVIMENTO IMPARCIALISTA