Pesquisar este blog

MOVIMENTO IMPARCIALISTA

MOVIMENTO IMPARCIALISTA
IMPARCIALISMO

quarta-feira, 12 de janeiro de 2011

Jornal Diário de Marília: Docente cria Movimento Imparcialista

Docente cria Movimento Imparcialista


Objetivo é estudar novo contexto e formas de arte e literatura


Professor de Língua Portuguesa e escritor José Nunes Pereira propõe uma nova forma de produção literária. Ele estruturou o “movimento imparcialista” a partir da observação do contexto atual. Criou um universo com 14 pseudônimos, onde cada um trabalha numa temática.

José Nunes escreve poesia há 20 anos. Em 2003 entrou para a Apem (Associação dos Poetas e Escritores de Marília), cursou Letras no Univem e foi em 2008 que despertou para o que denominou “imparcialismo” literário.

Ele propõe a observação acurada do contexto atual, onde o conhecimento não é mais “protegido” e sim está em todas as mídias, principalmente na net, para depois dar forma à produção de artigos e poemas, os dois gêneros principais desta sua proposta.

Para formatar sua ação produz em várias vertentes, com temáticas bastante variadas e cada uma assinada com um pseudônimo. Alguns exemplos são produções dentro da linha “amor clássico”, meio ambiente e outros temas mais contemporâneos.

Ele fala numa literatura adaptada à internet, que acompanha o dinamismo atual, mas sempre a partir da observação do contexto e do multiculturalismo.

Toda produção do professor gira em torno da divulgação do movimento. Ele espera que as pessoas que tenham acesso despertem e possam se identificar com as várias facetas para buscar mudanças de atitudes.

Os trabalhos de José Nunes Pereira e seus pseudônimos podem ser acessados no

. Contatos também podem ser feitos através do e-mail: j.nunez@bol.com.br .

Imprimir



Nenhum comentário:

Postagem em destaque

O Imparcialismo: O Ciclo de Saturno

O Imparcialismo que começou a ser escrito em 2006 E  revelado em 2008. Foi à leitura do fim de um período, Iniciado pós-guerras, tempos...

O Novo Contexto Para a Literatura Contemporânea

MOVIMENTO IMPARCIALISTA