Pesquisar este blog

segunda-feira, 20 de dezembro de 2010

Uma canção que não sei dançar
 Rua Saint Germain;
O frio da noite fez à cidade deserta,
Mas se a canção for um blues
E a neblina  apagar os faróis,
A noite será uma procura de desejos,
Até que o dia apague as luzes da cidade.
Talvez você fique,
Talvez eu me deixe,
Um pouco mais em seu corpo
Ou talvez role apenas um papo filosófico,
Digo que gosto do Pessoa;
Ela diz que está lendo Baudelaire.
Apesar de meus hábitos noturnos,
Tenho sonhos empoeirados
E medos encobertos,
Mas se você sorrir,
Se olhar no espelho
E não tiver medo de luz de Sol,
Sou capaz de voltar a sonhar.
Nas ruas o vento sopra uma canção,
Que não sei dançar,
Mas se você sorrir,
Deixo a pista para quem não têm seu par
Se depois desta noite, você desaparecer,
Inventarei acasos para te ver,
Diminuirei meus passos para me alcançar,
Me de a sua mão; mas me deixe caminhar
Com meus próprios pés.

Herminio Vasconcelos
J.Nunez

Nenhum comentário:

Literatura Imparcialista

MOVIMENTO IMPARCIALISTA

MOVIMENTO IMPARCIALISTA
IMPARCIALISMO

O Novo Contexto Para a Literatura Contemporânea

MOVIMENTO IMPARCIALISTA