Pesquisar este blog

MOVIMENTO IMPARCIALISTA

MOVIMENTO IMPARCIALISTA
IMPARCIALISMO

sexta-feira, 12 de novembro de 2010

A visão holística na poesia Imparcialista

Esse rio que não passa


Sofro como esse rio que passa e sofre,

Sofro com um riacho que não encontra o rio,

E depois sou esse rio que não encontra o mar.



Esse mar que é como a morte para um rio...

Mas tudo é assim holístico e universal.

Para o rio que passa é o êxtase ser mar.



Mas sofro assim tão em silêncio

Que ninguém sabe que sofro,

E até mesmo eu esqueço.



Sou condenado a sofrer

E a esquecer que sofro

Como um rio é condenado

A passar incessantemente

Sem saber que nunca passa.



Meu amor é esse rio que não passa,

O coração da mulher que amo é esse mar

Tão universal e holístico onde deságuo

E tenho que aceitar

Ser apenas mais um rio que nunca chega

Porque é assim insaciável de passar.

Saulo Menezes Castro

J.Nunez

Nenhum comentário:

Postagem em destaque

O Imparcialismo: O Ciclo de Saturno

O Imparcialismo que começou a ser escrito em 2006 E  revelado em 2008. Foi à leitura do fim de um período, Iniciado pós-guerras, tempos...

O Novo Contexto Para a Literatura Contemporânea

MOVIMENTO IMPARCIALISTA