Pesquisar este blog

MOVIMENTO IMPARCIALISTA

MOVIMENTO IMPARCIALISTA
IMPARCIALISMO

terça-feira, 16 de novembro de 2010

São coisas que se olha e não se vê..

Coisa que se olha e não se vê


Foi com razão que você disse

Que faz muito mal ao coração

Não perdoar, guardar rancor.

Eu te perdoei, mas isso não

Quer dizer que você pode ficar,

Isso não implica em te querer.

O que na verdade eu quero

É ficar em paz comigo,

É estar aberta a um novo amor.

Não precisamos ser inimigos,

Mas com certeza não somos amigos,

O que pode haver entre nós dois

É a mais pura indiferença

Já que o desprezo é sentimento

Muito nobre para o nosso caso.

Pode ser que a vida nós prepare acasos,

Eu posso conviver com isso sem perder

A compostura, posso te olhar

Como coisa que se olha e não se vê.

O que posso dizer ainda de nós

É esse fato estranho,

Isso de procurar culpa

E vergonha do que penso e sinto

E não encontrar nada,

E acho natural que seja assim.

Posso dizer ainda que o bem e o mal

Que não te faço vem do simples fato

De que está atitude não condiz

Com minha índole e minha conduta.

Podemos ser um para o outro

Coisa que se olha e não se vê.

Darci Costa

J.Nunez

Nenhum comentário:

Postagem em destaque

Fique por perto!

Volte logo, Não demore muito, Fique por perto! Eu te esperarei dentro e fora do tempo. Sua alma é nobre, Fique no sangue do meu sangu...

O Novo Contexto Para a Literatura Contemporânea

MOVIMENTO IMPARCIALISTA