Pesquisar este blog

MOVIMENTO IMPARCIALISTA

MOVIMENTO IMPARCIALISTA
IMPARCIALISMO

sábado, 6 de novembro de 2010

Amor, separação, reconciliação, perdão

Com as folhas secas ao vento

Outono, eu indo embora
Com as folhas secas ao vento.
Deixei você ali, entre os sonhos
Que ficaram para depois,
Entre as coisas que podiam esperar.

Andei por tantos lugares,
Tenho tanta historia para contar,
Tenho tanta coisa para esquecer...
Todo este tempo esperei
Para te ver outra vez.

Você me olhou, não entendeu
O brilho que ainda havia em meu olhar...
Tinha tanta certeza do seu amor,
Tenho tanta coisa para falar,
Mas logo percebi,
Que os sonhos eram só meus...

Você tem uma historia contar,
Nada para esquecer,
E a distância havia apagado
O brilho em seu olhar
E apenas deixou o sorriso que nunca foi meu.
Outono, eu indo embora
Com as folhas secas ao vento...

Francisco Medeiros
J.Nunez

11/07/07

Nenhum comentário:

Postagem em destaque

Fique por perto!

Volte logo, Não demore muito, Fique por perto! Eu te esperarei dentro e fora do tempo. Sua alma é nobre, Fique no sangue do meu sangu...

O Novo Contexto Para a Literatura Contemporânea

MOVIMENTO IMPARCIALISTA