Pesquisar este blog

MOVIMENTO IMPARCIALISTA

MOVIMENTO IMPARCIALISTA
IMPARCIALISMO

sábado, 9 de outubro de 2010

Sofrer por amor dignifica os homens

José Nunes Pereira poeta das dores clássicas, em sua poesia o homem é o mesmo e padece das mesmas dores que padeceram nossos antepassados, poeta da tristeza dos amores impossiveis, poetas das partidas, das perdas e dos sentimentos que machucam. Nesse poeta somos mais humanos e sofremos de amor, esse poeta revela que em nosso interior, apesar do modernismo e do sexo casual e dos relacionamentos desassociados de sentimentos, no fundo de nossa almas somos os mesmos e padecemos de amores impossiveis. O seu sentimentalismo e seu sofrimento por amor revela que ainda temos muito de Romeu e Julieta em nós. O imparcialismo conserva o padecer por amor porque esse é um sentimento e um sofrimento que dignifica o homem, e dá a ele um sentido mais abstrado e menos egoita para sua conduta e vida.

Um amor de esperar

Meu amor tem dessa coisa
De viver esperando
Não sei se você voltar para mim,
Se o tempo passar
Ou se eu te esquecer.

Se acaso você voltar para mim
Sei que posso ser feliz,
Se a vida passar sem você
Sei que estou morrendo aos poucos
Se eu te esquecer
Vou me convencer que não era amor.

Meu amor é daqueles que machuca o peito,
Meu amor é daqueles de esperar
Meu amor é daqueles para se esquecer,
Como eu não te esqueço
Eu sei que é amor
De sofrer e esperar.

José Nunes Pereira
J.Nunez

Nenhum comentário:

Postagem em destaque

Fique por perto!

Volte logo, Não demore muito, Fique por perto! Eu te esperarei dentro e fora do tempo. Sua alma é nobre, Fique no sangue do meu sangu...

O Novo Contexto Para a Literatura Contemporânea

MOVIMENTO IMPARCIALISTA