Pesquisar este blog

MOVIMENTO IMPARCIALISTA

MOVIMENTO IMPARCIALISTA
IMPARCIALISMO

terça-feira, 26 de outubro de 2010

Poemas de reconciliação, perdão e amor

Pretexto

(analítico amoroso)

Não vou ficar justificando meus erros,
Não preciso de palavras que dizem mais que a verdade,
Não vou dividir entre nós dois,
Nossas verdades e nossas mentiras.

Nós já conversamos e nós desentendemos ainda mais
E cada palavra dita abre um novo desencontro.
Não precisa perdoar, afinal não faz muita diferença
Te amar ou te odiar, de qualquer forma é uma maneira
De ter você, é um jeito de me sentir presa,
É um modo de me sentir sua.

Não precisa perdoar, afinal o perdão é indiferença
E põe um fim em tudo que é confuso e vivo,
Porém concordo que às vezes é preciso perdoar
Para que você me engane outra vez
E assim eu continuo te amando e te odiando ainda mais.

Não pense em consertar, deixe assim com está,
Prefiro os pretextos para te ver
Que os encontros marcados,
Porque é assim que nosso amor continua vivo...

Não conte os momentos felizes, sei que foram poucos,
Não conte os momentos tempestuosos sei que foram muitos,
Não há que se importar, afinal de qualquer modo,
São momentos que contam nossa historia.
Não quero diferente, é assim que nosso amor vive, e pronto...

Darci Costa
J.Nunez

Nenhum comentário:

Postagem em destaque

Fique por perto!

Volte logo, Não demore muito, Fique por perto! Eu te esperarei dentro e fora do tempo. Sua alma é nobre, Fique no sangue do meu sangu...

O Novo Contexto Para a Literatura Contemporânea

MOVIMENTO IMPARCIALISTA