Pesquisar este blog

MOVIMENTO IMPARCIALISTA

MOVIMENTO IMPARCIALISTA
IMPARCIALISMO

sexta-feira, 29 de outubro de 2010

O Amor na poesia contemporâneo

A literatura imparcialista retrata o homem e a mulher moderna com suas liberdades sexuais resultantes de sua independência socio-econômica, e também o fatalismo do homem com seu instinto primitivo que leva muitas vezes ao crime por não conseguir aceitar a liberdade, a igualdade e a independência  dessa mulher contemporânea.

Manchete de crime passional


Esse amor contemporâneo

Pede um crime passional em uma noite qualquer,

Esse amor com liberdades e direito iguais,

Esse amor que reside entre as pernas

Esse amor que dispensa o coração

Pede um crime passional de um homem fatalista,

Mas eu não tenho esse amor clássico e

Muito menos esse fatalismo primitivo de machista.

Matar por amor é clássico demais para mim,

Eu sou um homem contemporâneo...

Eu na verdade nasci para o meu tempo,

Nasci para a passividade e para a libertinagem de meu tempo,

Desfruto da liberdade sexual que a mulher conquistou

Para si e para o homem de seu tempo,

Desfruto sem nem um pudor ou baixa estima.

A esse Vênus em gêmeos me deu essa leveza libertina,

E essa frouxidão canal e moral...

Eu não cometerei nem um crime passional,

Não serei manchete e nem um jornal,

Não haverá foto do crime porque não haverá crime algum,

Meu coração é contemporâneo

E sabe como ninguém juntar amor e amizade

Num mesmo corpo com um coração dentro.

Eu sei encontra no seu sorriso o amor

Que é um encontro de corpos

E a amizade que é um encontro de almas...

Deixemos nessa noite o amor descansar

Em minha cama de quarto de pensão

E vivamos hoje a amizade, vamos sair, a rua está deserta

E pede nós dois entre o carros estacionados

E sobre neblina que esconde as intenções...

Amanhã, amanhã dará nos jornais um crime passional

Que não foi cometido por mim...

Eu sou homem contemporâneo

E das mulheres eu desfruto a liberdade...

E sua imitação dos homens...

Hermínio Vasconcelos
J.Nunez

Nenhum comentário:

Postagem em destaque

O Imparcialismo: O Ciclo de Saturno

O Imparcialismo que começou a ser escrito em 2006 E  revelado em 2008. Foi à leitura do fim de um período, Iniciado pós-guerras, tempos...

O Novo Contexto Para a Literatura Contemporânea

MOVIMENTO IMPARCIALISTA