Pesquisar este blog

MOVIMENTO IMPARCIALISTA

MOVIMENTO IMPARCIALISTA
IMPARCIALISMO

quinta-feira, 7 de outubro de 2010

Literatura e poesia contemporânea

A poesia imparcialista representa a literatura para o novo contexto pós modernista.
Não somos mais modernos somos possibilistas,, não seguimos mais vocações e talentos
Vamos por onde dá, o Reality Show é um prova dessa sociedade possibilista que segue o prazer
físico em busca da felicidade que se esconde na alma;m ais precisamente nas vocações e nos talentos, essa é a sociedade dos infelizes buscando a felicidade onde não há paz ou qualquer outra sentimento que vem da alma.  

Cidade Litorânea

O vento frio que vem do mar

Deixou à noite solitária

E a saudade ainda mais cortante.

Na primeira vez que eu vim à praia

As cabanas eram lá... onde hoje é mar.

Não me pergunte dos amigos

O que são eles, se não as lembranças que deixaram.

O que sei deles são noticias de estrelas cadentes,

São conversas vazias de reality show.

O que me disseram do Armando

É que ele aposentou, casou os filhos, se separou

E foi lutar pela causa gay.

O que falam da marina...

É que ela abandonou o marido doutor,

Fugiu com o personal trainer,

Pensando que agora será feliz no amor.

O que eu sei do Augusto...

É que foi morto pelo filho adolescente

Que não suportou ouvir o primeiro não de sua vida.

Outro dia vi Aline, ela fez que não me viu,

Então, naturalmente, também não a vi.

O que eu vi foi seu colar de ouro maciço

Que descia entre seu busto siliconado.

O que eu vi foi seu cordão de ouro bruto

Que me fez lembrar da ilusão de garimpeiros

E dos meninos ribeirinhos, encéfalos de mercúrio.

O que são os amigos, se não trapos de gentes como eu.

Eu sou este que se vê, não tenho mistérios

E não espero nada, o que vêem é conseqüência de eu estar aqui

Esperando ser engolido pelo tempo

Ou pelo mar que avança furiosamente.

Eu sei, você se deu bem...É cantora gospel

Evangeliza, veste calça de couro e botas da mulher gato.

Tudo se desconfigura em nome do capitalismo...

E assim cumpre à profecia do apostolo São Paulo,

Escrita na segunda carta a Timóteo

No capítulo quatro versículo três.

Salomão Alcantra
J.Nunez

Análise do Poema

No poema não há um verso uma palavra que tenha intenções críticas, o que há nesse poema é o relato e a constatação de realidade com uma visão imparcial. Esse é de fato o principal objetivo de O Imparcialismo: POESIA PARA O NOVO CONTEXTO

Neste poema há muitos assuntos contemporâneos como avanço do mar, o aquecimento global.

O possibilismo ( as muitas possibilidades de sucesso deste tempo em que não seguimos vocações, e sim as possibilidades de sucessos, como vemos nos reality show) a liberdade sexual, tempo de passeatas homossexuais, a liberdade sexual da mulher, a adolescência que não sabe os que é limites e seu total domínio sobre os pais, o abismo social, a diferença absurda entre quem não possui o básico e quem faz até analise psicológica em seu cachorro, o efeito da contaminação do meio ambiente, vemos ainda que coisas serias se tornam produtos de consumo nas mão do capitalismo. O poema não é uma critica, e sim um constatação de tudo esta sujeito aos nossas caprichos inclusive Deus que é uma idéia moldado conforme nossas paixões.
O poema Cidade Litorânea é na verdade o que os poetas imparcialistas chamam de cronopoema, isso porque é utilizado na composição do textos elementos cotidianos que estão nas mídias e são noticias sejam elas banais ou de máxima importância. Contudo os poetas imparcialistas não esquecem da estrutura e da estética do poema.

Nenhum comentário:

Postagem em destaque

O Imparcialismo: O Ciclo de Saturno

O Imparcialismo que começou a ser escrito em 2006 E  revelado em 2008. Foi à leitura do fim de um período, Iniciado pós-guerras, tempos...

O Novo Contexto Para a Literatura Contemporânea

MOVIMENTO IMPARCIALISTA