Pesquisar este blog

MOVIMENTO IMPARCIALISTA

MOVIMENTO IMPARCIALISTA
IMPARCIALISMO

terça-feira, 21 de setembro de 2010

Família, capitalismo e industrialização

http://literaturaimparcialista.blogspot.com/ /

A desvalorização da família, do homem, da mulher e dos valores que sustentaram e estruturaram a família e suas relações por toda a historia da humanidade é hoje apenas temas para programas de televisão e propagandas, há uma desvalorização dos valores mais caros a humanidade, valores que estruturam a família e a sociedade, valores que sem os quais a família simplesmente se autodestruiria. É na família que nasce o amor, a fidelidade, a compaixão, a compreensão, a bondade e a caridade, estamos eliminando as virtudes da alma que está na família e colocando o consumo no lugar da alma e de sua condição suprema. A família foi e ainda é o lugar de consumo, é na família que comemoramos o natal, o ano novo, os aniversários, os dias dos pais, os dias das mães e a páscoa, é na família que encontramos razões para essas comemorações, e é na família que a industrialização e o capitalismo tem se apoiado por esse centenário, porém se observarmos o novo contexto, o capitalismo e a industrialização já podem esquecer um pouco a família como a conhecemos e investir nessa nova possibilidade de mercado que a formação da família desobediente as lei biológicas, aos dogmas e a tudo que se teve até o momento como correto e dignificante da condição humana. As razão pela qual se justifica a estrutura da família é o equilíbrio do homem e de seus sentidos, um ser humano solto aos caprichos dos desejos é um barco soprado por muitos ventos todos com direções diferentes, as razão pela qual a família tradicional deve ser defendida e protegida, é o equilíbrio que deve imperar sobre o caos, o caos só pode existir destro da ordem, o caos e toda a maldade proveniente dele é um parasita que só pode existir sem autodestruir-se dentro de um sistema organizado. O caos e os caóticos exibem suas ousadias sem saber que o caos que não é fruto da ordem, mas que sobrevive dessa ordem, se autodestroem sem saber o que é caos, porque o caos só possui consciência de si mesmo aqui dentro da ordem. Os rebeldes sem causa de todos os tempos sempre ignoraram que a ordem e o equilíbrio são as bases da vida e sem as quais a vida resultaria impossível. A vida não seria possível sem pessoas de bem...A humanidade e todas as coisas buscam sempre o equilíbrio, porque sabemos que é no equilíbrio que se faz a vida e sua continuidade.

J.Nunez

Um comentário:

virtus disse...

Caríssimo J.Nunez
Desejo que estejas bem.
Seu artigo soa como um alerta contra as trevas que avançam. É um chamamento a luz.
Um forte abraço. Virtus (Lampião Atômico).

Postagem em destaque

Fique por perto!

Volte logo, Não demore muito, Fique por perto! Eu te esperarei dentro e fora do tempo. Sua alma é nobre, Fique no sangue do meu sangu...

O Novo Contexto Para a Literatura Contemporânea

MOVIMENTO IMPARCIALISTA