Pesquisar este blog

MOVIMENTO IMPARCIALISTA

MOVIMENTO IMPARCIALISTA
IMPARCIALISMO

sábado, 12 de junho de 2010

Sociedade Pós- Moderna

Certamente ela não dirá, fique mais uma noite.
Mas ela me ensinou tudo para eu possa seduzi-la...
E as mentiras que ela mais gosta de ouvir.
Certamente ela ensinou isso para mais uma centena.
Realmente não importa: vida e prazer é tudo...
Falei sobre ela ao meu amigo,
O indigestivel poeta Salomão Alcantra
O que se pode esperar daquele animal racional
Com suas grasseiria realista e sua franqueza cruel!
Ele tirou todo meu encantamento quando disse:
_Isso é igual à vítima sabendo que alguém vai-lhe fazer uma maldade
E ela mesma diz como deve ser feita essa maldade,
Isso se parece com armar o próprio sequestro
e maltratar o sequetrador no cativeiro,
E tudo muito incoerrente e fora do lugar...
É natural que olhemos para o caos e vemos nele uma ordem,
afinal estamos muito acostumados com a desarrumação da vida.
Agora a chamada pós-modernidade e que nós os imparcialistas
Chamamos de Sociedade do Prazer,
Essa sociedade que estruiu o teocentrismo,
E depois de destronar Deus, colocaram o homem no centro do universo,
Caminhou para o individualismo cada vez mais competitivo cobiçoso e egoista.
No ápice de nossa individualidade está essa sociedade do prazer,
Que é capaz de destruir e desprezar tudo que for necessário em nome do prazer,
Somos a sociedade da inclução social
Sem importa o quando somos espurgo de humanos,
Tudo em nome do prazer individual.
_Cala essa boca Salomão Alcatra!
Você já roubou esse poema, já roubou meu encantamento
Agora quer roubar as ilusões da humanidade!
Quanto aquela mulher que havia me ensinado tudo...
Ainda brincamos de fazer se enganados...
E eu gosto tanto dessas mentiras caridosas...
Elas nós deixam tão bonitos por forá,
Afinal, o que são as mentiras se são ornamentos!...
Hermínio Vasconcelos Salomão Alcantra J.Nunez

O IMPARCIALISMO
27-03.2010

NÃO SOMOS PÓS-MODERNOS, SOMOS IMPARCIALISTA NA SOCIEDADE
DO PRAZER.

O Imparcialismo: Poesia Para o Novo Contexto


O Imparcialismo é um movimento literário que busca a poesia para o novo contexto, a poesia que faça uma leitura do homem contemporâneo, com seus medos, suas aflições, suas duvídas, sua fraquezas, seus sofrimentos e de seu comportamento diante a vida etc.
Essa é a poesia para a Era da Informação, para a mulher emancipada e para o homem desmotivado e desorientado.
O Imparcialismo é escrito por catorse poetas ou pseudônimos de J.Nunez

Nenhum comentário:

Postagem em destaque

Fique por perto!

Volte logo, Não demore muito, Fique por perto! Eu te esperarei dentro e fora do tempo. Sua alma é nobre, Fique no sangue do meu sangu...

O Novo Contexto Para a Literatura Contemporânea

MOVIMENTO IMPARCIALISTA